Nesta quinta-feira (02) enquanto o bitcoin continua lutando abaixo de US$ 57.000, a altcoin Terra adicionou mais de 60% do valor em uma semana, resultando em um novo ATH. Solana é a única entre as 5 maiores que subiu em 24 horas, segundo o CoinGoLive.

Apesar do mês de novembro ter se caracterizado por uma alta volatilidade, a demanda por satoshis não diminuiu e o volume da rede Bitcoin está aumentando. Confira no Resumo de Mercado também o impacto do avanço da variante ômicron nas bolsas financeiras tradicionais. 

Ranking de Criptomoedas – Fonte: CoinGoLive.com

Volume da rede Bitcoin está aumentando 

Novembro foi o mês em que ninguém bateu a inflação de 1,08% medida pelo IPC-S. Entre os ativos mais conhecidos pelos brasileiros, o CDI (+0,52%), o ouro BM&F (+0,04%), as ações do Ibovespa (-1,53%) e até o Bitcoin, que em 30 dias acumula uma queda de 6% não conseguiram ter ganhos reais. 

No caso do Bitcoin em particular, o mês de novembro se caracterizou por uma alta volatilidade. Entretanto, a demanda por satoshis não diminuiu, muito pelo contrário: a Mempool registrou ontem o maior valor desde julho, quando o FUD da China gerou liquidações no mercado.

Mempool Weight – Fonte: @_Bitcoin_Brasil

Sem muita influência do aumento de demanda, neste momento, o líder das criptomoedas é negociado a US$ 56.552 – R$ 320.420 nas principais corretoras brasileiras – e sua capitalização de mercado ainda está bem abaixo de US$ 1,1 trilhão. 

O Domínio sobre todo o mercado está abaixo de 41%. Contudo, a dominância líquida do BTC, fica em torno de 72,80%.

Primeiro caso da variante ômicron nos EUA

Durante esta semana, enquanto esperavam uma possível aprovação da PEC dos Precatórios no Senado, investidores brasileiros voltaram a se preocupar com o avanço da variante ômicron do novo coronavírus e com nova sinalização do presidente do FED, Jerome Powell, em direção à retirada de estímulos monetários.

Por conta destes temores, o Ibovespa foi puxado para os 100 mil pontos. O dólar, por sua vez, apagou a queda e terminou o dia com alta de 0,59%, a R$ 5,67.

Leia também: O FIM DO REAL está próximo, entenda o porquê

Para os brasileiros, será interessante desfocar um pouco das pautas políticas, para prestar atenção nos dados do PIB trimestral que serão divulgados hoje pelo IBGE. Relatamos ontem os dados da Pnad Contínua que indica um recuo na taxa de desemprego no terceiro trimestre. 

Já os mercados financeiros de Nova York operaram a maior parte da sessão de ontem em terreno positivo, mas apagaram os ganhos após a confirmação do primeiro caso da nova variante de covid-19, a ômicron, nos EUA e fecharam a sessão em queda.

O índice Dow Jones fechou ontem em queda de 1,34%, o S&P 500 recuou 0,18% e o Nasdaq cedeu 1,83%. Os três índices chegaram a anotar ganhos de mais de 1% no começo da sessão.

A Terra vai à Lua 

Desde ontem, a maioria das altcoins tem estado no vermelho. A segunda maior criptomoeda, por exemplo, estava a um centímetro de atingir um novo recorde de preço ontem, mas falhou em alcançar este nível, caindo 3,19% em 24 horas. Em contraste, Solana e Dogecoin observam ligeiros ganhos. 

Terra, por outro lado, tem o melhor desempenho após um salto de dois dígitos. Além disso, o seu token nativo LUNA alcançou um novo recorde histórico apenas algumas horas atrás, em torno de US$ 65, com um aumento de 60% em uma semana. Pode-se dizer que a Terra foi à Lua, então? 

O resultado das principais altcoins nas últimas 24 horas é o seguinte: Ethereum (-3,19%), Binance Coin (-3,37%), Solana (+1,99%), Cardano (-0,07%), Ripple (-2,80%), Polkadot (-4,18%), Dogecoin (+1,22%), Avalanche (-5,94%), Terra (+5,50%) e Shiba Inu (-4,44%). 

De acordo com o CoinGoLive, a capitalização de mercado de todos os ativos cripto está em torno de US$ 2,74 trilhões nesta quinta-feira.


Acompanhe as notícias do mercado cripto no grupo do Telegram do Cointimes (acesse) e tenha um ótimo dia de negociações.

A NovaDAX está completando três anos!

Uma das maiores corretoras de criptoativos do Brasil completa três anos no mês de novembro e quem ganha é você! 

Serão até 30 moedas com taxa zero para transações e mais de 80 moedas listadas, com saque disponível na hora e alta liquidez. 

As criptomoedas com as melhores taxas do mercado! Basta ativar o programa gratuito Novawards e aproveitar taxas reduzidas em até 75%.

Conheça ainda o Cartão NovaDAX e peça já o seu.