Passfolio

A próxima geração da Internet tem sido apresentada como uma alternativa descentralizada à Big Tech – mas muitos especialistas não estão convencidos. 

O CEO da Block e fundador do Twitter, Jack Dorsey, acrescentou combustível ao crescente debate sobre a web3, um novo termo que parece ter intrigado os técnicos mais tradicionais. Suas declarações no Twitter focaram em denunciar a crescente influência dos fundos de investimento institucionais no mercado de criptomoedas. 

Especialistas discutem a propriedade da Web3 

Para os seus 6 milhões de seguidores no Twitter, Jack Dorsey disse que “você não possui a web3 ’” e acrescentou que “os VCs e seus LPs sim”. 

O fundador do Twitter argumentou que esse mercado não escapará dos incentivos de grandes investidores e seus sócios. “Em última análise,  [a Web3] é uma entidade centralizada com um rótulo diferente. Saiba no que você está se metendo.” 

Passfolio

Figuras notáveis ​​como Elon Musk responderam: “alguém viu o Web3″?. O ex-CTO da Coinbase Balaji Srinivasan respondeu a Dorsey, argumentando que a web3 apresenta a possibilidade de construir uma internet melhor, mas o CEO da Box, Aaron Levie, disse que apenas criaria “cabines de pedágio” para os usuários. 

Gaby Goldberg, um investidor de criptomoedas, acredita que a evolução da Internet trará maior competição para as empresas de tecnologia, ao mesmo tempo que devolverá poder aos consumidores. 

O arquiteto de software da IBM Research Grady Booch não acredita que a Web3 será capaz de escalar com eficiência para bilhões de usuários devido à estrutura “computacionalmente cara” da tecnologia blockchain.

O que é a Web3?

Web3 é um termo nebuloso que, no entanto, sempre significou esta ideia de atualizar a internet para incorporar a blockchain.  Ela pode, em substância, ser definida como propriedade pública de plataformas públicas por meio de tokenização baseada em blockchains públicas de código aberto.

Tim O’Reilly, que cunhou o termo web2, prefere uma definição mais abstrata: “Menos confiança, mais verdade”. 

O homem de 67 anos e fundador da O’Reilly Media sugere que a nova alternativa para internet não leva em conta controle centralizado. Para ele ainda “é muito cedo para ficar animado com o Web3”.

Entretanto, a tentação de rotular rigidamente a Web3 entre as categorias centralizado ou descentralizado é comum na comunidade Bitcoin. Por conta da preocupação com o empoderamento financeiro individual, as alternativas descentralizadas geralmente são preferíveis para a comunidade.

Quem é dono da web3? 

A Web3 é descentralizada pois qualquer um pode governar de dentro do seu Dapp, mas não necessariamente você pode ter controle sobre o Dapp. Ninguém pode desligar sua api porque você pode simplesmente executar um nó ethereum sozinho. E como o código é aberto, ninguém pode impedi-lo de ‘salvar como’ ou dar um ‘ctrl c’ e ‘ctrl v’ no protocolo.  

O design em suas bases facilita a participação meritocrática de uma forma incapturável, desde que a plataforma ou projeto possa ser bifurcável e, se não for bifurcável, então não é web3.

Com a web3 os nós e investidores têm que lidar com o julgamento do mercado, em vez dos pedidos dos VCs, porque o mercado não precisa abandonar o seu serviço se estiver insatisfeito, eles podem, em vez disso, expulsá-lo simplesmente copiando e colando o seu serviço.

O que dá poder aos modelos de negócio centralizados da web2 é a propriedade das suas contas no Facebook, Reddit ou Twitter. Se, em vez disso, a conta for um endereço eth, ninguém a possui no que diz respeito às provisões de instalações, todos nós a possuímos.

Os capitalistas (VCs) não podem, portanto, possuir a web3, porque eles não podem ser os proprietários das contas, porque as contas são propriedade da rede Ethereum, o que significa que todos são proprietários das contas. 

Portanto, todas as considerações usuais de negócios se aplicam, incluindo as rotas usuais para iniciar uma start-up, que é o suporte VC para os programadores que desejam seguir esse caminho. 

Isso naturalmente dá aos VCs alguma influência, mas a tokenização torna a rota do VC menos necessária e geralmente os VCs são apenas um investidor entre muitos neste espaço.

Isso torna o próprio conceito de propriedade em plataformas web3 como a Opensea, onde as contas da plataforma são seu endereço ethereum, muito diferente de plataformas web2 como Coinbase, onde eles têm a propriedade real das contas.

Portanto, é muito mais correto dizer que o público é dono da web3, mas apenas aquela parte do público que tem a vontade e o desejo de fazê-la, aqueles que se preocupam em possuí-la ou investi-la ou bifurcá-la ou mesmo construí-la .

Leia Mais: 

A NovaDAX está cheia de novidades!

Uma das maiores corretoras de criptoativos do Brasil agora ZEROU as taxas para saque em real!

A NovaDAX também conta taxa zero para transações de Bitcoin e mais de 110 moedas listadas, com saque disponível na hora e alta liquidez. 

As criptomoedas com as melhores taxas do mercado! Basta ativar o programa gratuito Novawards e aproveitar taxas reduzidas em até 75%.

Conheça ainda o Cartão NovaDAX e peça já o seu.