Passfolio

2021 foi um ano espetacular para o Bitcoin, onde a criptomoeda atingiu novos patamares, tanto em preço quanto em tecnologia. 

Dentre vários pontos importantes, a comunidade abraçou novas atualizações e até mesmo um país adotou o BTC como moeda oficial.

A cotação jamais foi abaixo de níveis pré-2021, o que significa que todas as compras de bitcoin realizadas em 2020 ou anos anteriores, se seguradas até qualquer momento de 2021, foram lucrativas. Mas isso não significa que não tivemos volatilidade: como sempre, este ano foi uma verdadeira montanha russa e você possivelmente deixou passar excelentes oportunidades de compra.

Se você está acompanhando as notícias de bitcoin há algum tempo, deve estar familiarizado com o termo “FUD” (fear, uncertainty and doubt); medo, incerteza e dúvida. Informações ou eventos que, ao serem amplamente divulgados, derrubam o preço de um ativo que na verdade não perdeu seus fundamentos, gerando uma oportunidade para aqueles que têm mais informação.

Passfolio

Essas oportunidades são frutos da assimetria de informação, você conhece algo que o resto do mercado não sabe. Se você está profundamente afundado na bolha de entusiastas de cripto, pode não perceber o quanto o público em geral ainda não entende de criptomoedas.

Isso vai ficar mais claro quando você ler a seguinte lista, momentos em que você deveria ter aproveitado para aumentar sua exposição ao bitcoin em 2021.

As 3 melhores oportunidades para comprar bitcoin barato em 2021
As 3 melhores oportunidades para comprar bitcoin barato aproveitando a assimetria de informações.

1) O problema do gasto duplo no Bitcoin

A primeira assimetria de informação notável de 2021 aconteceu logo em janeiro, quando a BitMex Research anunciou que no bloco 666.833 do Bitcoin houve uma tentativa de gasto duplo.

A esta altura do blockchain, dois blocos conflitantes foram encontrados ao mesmo tempo, o que pode acontecer com muita frequência. A resolução para isso é simples, aguarde um pouco e veja qual cadeia de blocos será escolhida pela maior parte do poder computacional da rede, esse é literalmente o modelo de consenso escolhido para o Bitcoin.

Como explicado anteriormente, isso pode ser bem frequente e o bloco que fica para trás é chamado de “órfão”. Veja a ilustração abaixo onde o “Bloco B2” se torna órfão após a rede escolher continuar com o ‘Bloco B’ e ‘C’.

Ilustração de um re-org de um bloco, muito comum na rede Bitcoin

O que aconteceu de especial no bloco 666.833 foi que tanto no “Bloco B” quanto no “Bloco B2” do caso real, haviam transações de uma determinada carteira gastando os mesmo bitcoins, mas no B as moedas iam para um endereço e no B2 elas iam para outro.

Isso foi interpretado como uma tentativa de gasto duplo. A mídia tradicional, claro, foi sensacionalista e divulgou o caso como a descoberta de uma “falha crítica” no Bitcoin. Porém, nada novo foi descoberto, o Bitcoin é assim por design, a resolução do problema do gasto duplo está explicada no whitepaper.

A irreversibilidade das transações se dá pelo número de confirmações, e os bitcoiners sabiam disso desde o início. Mas os investidores mais novos e ainda leigos foram pegos pelo FUD e venderam suas moedas. Um exemplo foi a empresa canadense NexTech AR Solutions, que vendeu seus 130 bitcoins após a notícia.

Os compradores se deram bem, entendeu a assimetria de informações?

2) Tesla deixa de aceitar Bitcoin, e daí?

tesla e elon musk

Apesar de estar em um preço mais alto, a segunda grande oportunidade de compra de bitcoin este ano se deu quando Elon Musk tuitou que a Tesla deixaria de aceitar BTC como forma de pagamento por seus carros elétricos.

Conforme anunciamos no dia, o BTC caiu 11% logo após a notícia. Considerando que pouquíssimas pessoas realmente estavam usando bitcoin para comprar carros da Tesla, vamos analisar porque a suspensão da aceitação afetou a criptomoeda.

Primeiro, muitas pessoas poderiam estar surfando na onda do Bitcoin apenas por causa da influência de Elon Musk, um dos homens mais ricos do mundo. Se ele de repente falasse hoje que não gosta mais de Dogecoin, a moeda meme certamente despencaria em preço.

O segundo fator, mais relevante e amplamente discutido após o evento, foi a citação de preocupações ambientais. “A tendência de uso de energia nos últimos meses é insana”, tuitou Musk ao divulgar o seguinte gráfico:

gasto energético do bitcoin

O aumento da segurança termodinâmica do Bitcoin nos últimos meses é insano!“, tuitou Jameson Lopp logo em seguida, um engenheiro de software e ex-desenvolvedor do Bitcoin. Definitivamente considere segui-lo no Twitter.

Sobre o gasto energético do Bitcoin, a verdade é que a dinâmica econômica da criptomoeda incentiva o uso de energias renováveis, e Elon Musk já mostrou anteriormente concordar com isso. Até hoje é incerto se sua opinião mudou ou se ele apenas cedeu à pressão midiática para deixar de adotar o BTC.

Mas, de qualquer forma, a opinião de Elon Musk é irrelevante para o Bitcoin no longo prazo, ela apenas continua gastando mais energia enquanto mais pessoas abraçam a tecnologia de moeda forte. Os bitcoiners que entenderam isso compraram mais barato.

3) A China e o “milésimo” banimento do Bitcoin

Logo após a Tesla andar para trás e derrubar o preço do bitcoin, o governo chinês fez isso com mais impacto. Por causa da energia barata, a China sempre foi o principal país de escolha dos mineradores de bitcoin, mas isso teve que mudar em 2021.

No dia 21 de maio, o Comitê Financeiro da China publicou uma nota afirmando que o governo estava considerando o banimento da mineração de bitcoin no país, que ocorreu logo em seguida.

Se pegarmos o BTC do topo até o fundo do poço após essa notícia, o bitcoin apresentou um desconto superior a 55%. Oportunidade melhor que essa só criando uma máquina do tempo para comprar bitcoin no começo.

As consequências foram desastrosas, mas principalmente para o preço, pois a rede sofreu apenas um congestionamento temporário porque os mineradores chineses tiveram que migrar para outros países, mas logo voltou ao normal. Isso acontece porque o Bitcoin conta com um algoritmo de ajuste de dificuldade de mineração.

Quanto menos poder computacional na rede, mais fácil se torna encontrar um bloco de bitcoin e vice-versa. Isso já está programado para em qualquer caso de queda do hashrate ou mesmo aumento repentino não mude significativamente a média de 10 minutos para criação de cada bloco.

Com a teoria dos jogos em cena, o poder computacional do Bitcoin logo se recuperou completamente e a economia chinesa está desacelerando.

taxa de hash total (TH/s)

A China já era conhecida na comunidade de criptomoedas por anunciar diversos banimentos do Bitcoin, geralmente ocasionando uma leve queda mas uma recuperação em seguida. Mas, de longe, esse banimento foi o mais impactante e também gerou uma das melhores oportunidades de compra.

Na época, enquanto o preço do bitcoin caía, compartilhamos outro tweet genial de Lopp: “Imagine vender um ativo porque um regime autoritário não gosta.”

Gostou da lista? Espero que fique ligado no Cointimes em 2022 para que entenda o que são notícias realmente preocupantes e o que não muda os fundamentos do Bitcoin. Valorize o HODL.

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br