Coingoback

Um estudo recente da Visa realizado pela Morning Consult destaca que segurança é um dos fatores críticos para os consumidores ao realizarem transferências por meio de pagamentos móveis. Dos sete atributos avaliados – conveniência, custo, usabilidade, privacidade, confiabilidade, segurança e velocidade – segurança é o mais importante para 83% deles.

Pensando nisso, para trazer mais conhecimento e confiança aos portadores de credenciais Visa que querem começar a usar o pagamento no WhatsApp, Juliano Manrique, diretor executivo de Soluções da Visa do Brasil respondeu algumas das principais dúvidas a respeito das transações no app – tudo para mostrar aos novos usuários como é simples, prático e seguro realizar suas transferências usando o aplicativo. Confira abaixo:

Posso enviar dinheiro para um amigo que tem conta em um banco que não faz parte da solução?

No momento, as transferências com credenciais Visa no WhatsApp no Brasil estão disponíveis a consumidores que possuam credenciais de débito e pré-pago emitidos pelo Banco do Brasil, Bradesco, banco digital next, Sicredi, Woop e Mercado Pago. Em breve, outros emissores da Visa do Brasil também deverão disponibilizar o serviço.

É seguro enviar dinheiro por meio da plataforma de mensagem?

A plataforma conta com soluções inovadoras da Visa que trazem segurança às transações, como o Visa Cloud Token. Esta solução protege as transações ao substituir informações sensíveis do portador por uma credencial exclusiva que fica armazenada na nuvem, ou seja, quando um portador registra sua credencial Visa no aplicativo, a Visa substitui os 16 dígitos da credencial por um identificador digital único, conhecido como token de pagamento. Outro benefício importante do Cloud Token é que o emissor poderá autenticar o portador do cartão no momento do cadastramento no WhatsApp, garantindo que é realmente o dono do cartão.

Esse número exclusivo fica registrado na plataforma do aplicativo, sem que o consumidor precise informar novamente seus dados em uma próxima compra. Com isso, os dados da credencial do portador ficam ainda mais seguros. Todo esse processo acontece de forma invisível ao consumidor. E é importante dizer que para cada dispositivo móvel, aplicativo ou loja online em que a credencial Visa for cadastrada, é criado um token de pagamento único.

Além disso, toda transação acontece com a confirmação da senha previamente cadastrada no momento da inclusão da credencial no aplicativo pelo consumidor e em alguns dispositivos, a confirmação pode ser realizada por meio da biometria do dispositivo do usuário, como uma identificação de impressão digital ou reconhecimento facial.

O que é a Visa Cloud Token Service?

A solução Visa Cloud Token protege e remove os dados das credenciais de pagamento, convertendo-as em tokens criptografados exclusivos e armazenando-as com segurança na nuvem, onde podem ser ativadas nos dispositivos dos usuários e integradas aos sistemas dos respectivos emissores. O Cloud Token permite que, no momento da geração do token ou de sua associação a um dispositivo, o banco emissor receba dados do dispositivo do usuário para realizar a autenticação do portador, garantindo que é ele mesmo e não um fraudador. A tokenização continua sendo um dos métodos mais bem-sucedidos que a Visa utiliza para combater a fraude, removendo informações sensíveis sobre pagamentos e ajudando a aumentar as taxas de aprovação. A tecnologia substitui os dados da credencial por um identificador digital. Este identificador digital não possui qualquer valor caso seja utilizado por terceiros. Com o aumento do uso de dispositivos em transações on-line pelos consumidores, a Visa habilitou essa nova abordagem baseada em nuvem para trazer mais flexibilidade para os dispositivos usados.

Além da tokenização, quais outras ferramentas de segurança estão presentes nos pagamentos no WhatsApp?

Outras ferramentas que trazem segurança aos pagamentos pelo app são baseadas em inteligência artificial, conforme regras definidas pelas empresas participantes da solução, incluindo a Visa e os emissores. Elas permitem detectar e remediar apropriadamente riscos e comportamentos suspeitos.

Se meu celular for roubado, o criminoso poderá usar meu cartão para realizar transações via WhatsApp?

Os dados de credenciais Visa tokenizados são únicos para cada dispositivo onde a credencial é cadastrada, ou seja, a credencial gerada não traz seus números reais. Desta forma, se um celular for roubado com uma credencial Visa cadastrada, o criminoso não consegue saber qual a numeração da credencial, já que os dados estão criptografados. Além disso, existe todo um sistema de segurança do próprio aparelho celular, que tem as suas proteções, como senha ou biometria para desbloqueio de tela ou do aplicativo, exigido para qualquer transação no WhatsApp. Acrescentando a isso, o WhatsApp conta com a possibilidade de habilitar a confirmação em duas etapas, um recurso opcional, mas bastante recomendado, já que adiciona uma camada extra de segurança às contas.

Adicionalmente, através da plataforma Visa Cloud Token, os emissores da Visa poderão desativar remotamente as credenciais em qualquer dispositivo móvel, o que dá ainda mais segurança e agilidade na prevenção à fraude.

Se eu mudar o número do meu cartão, preciso atualizar novamente no app?

Portadores que tiverem credenciais Visa cadastradas no WhatsApp, ou mesmo em outras plataformas que utilizam o Visa Cloud Token, não precisam atualizar dados da credencial caso sejam alterados. A solução da Visa automaticamente gera uma credencial atualizada e envia aos emissores, que fazem essa atualização de forma automática, sem precisar acionar o consumidor – o que possibilita uma experiência mais fluida e traz mais conveniência ao usuário.

O que devo fazer caso minha conta do WhatsApp seja clonada? É preciso avisar meu banco emissor do cartão?

Sim. Além de todas as camadas de segurança mencionadas, como ativação da confirmação em duas etapas, digitação de senha ou leitura de biometria do dispositivo previamente a qualquer transação e inteligência comportamental nas avaliações das transações, recomendamos que avisem ao emissor para que ele possa desabilitar sua credencial.

Além das ferramentas de segurança oferecidas pela Visa e os demais emissores, quais outras medidas podem me ajudar a evitar golpes?

Para estar sempre atento e evitar transtornos, o WhatsApp destaca abaixo algumas medidas que podem ajudar a tornar sua conta ainda mais protegida:

Nunca compartilhe o seu código de verificação: o código de seis dígitos que chega no seu telefone via SMS será pedido caso alguém esteja tentando invadir sua conta. O WhatsApp e os emissores nunca irão solicitar esse número.
Ative a confirmação em duas etapas: com um PIN de seis dígitos que você mesmo define, sua conta ganha uma camada extra de proteção. Para ativar o recurso no aplicativo, vá até configurações > conta > confirmação em duas etapas.
Deixe sua foto de perfil visível apenas para os seus contatos: assim, você dificulta a criação de uma conta falsa com seu nome e foto. Para ativar essa opção, vá até configurações > conta > privacidade > foto de perfil e selecione “meus contatos” .
Se algum amigo ou familiar te pedir dinheiro pelo WhatsApp, ligue para a pessoa antes de fazer qualquer transferência. Com isso, você consegue confirmar a identidade da pessoa e se realmente é ela que precisa do dinheiro. Você também pode denunciar a conta impostora diretamente no WhatsApp. Para fazer isso, abra a conversa com essa pessoa, vá até o menu e selecione “denunciar”.

Também é importante enviar um e-mail para [email protected] para informar sobre uma conta que esteja fazendo uso indevido de seu nome e/ou foto.
Se receber um dinheiro que não é para mim, como eu devo proceder? Ou se eu transferir de forma errada, consigo reverter a transação? O que eu devo fazer?

Conteúdo saiu primeiro em 1BilhãoEducaçãoFinanceira;

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br