O Bitcoin virou febre quando atingiu o preço mais alto de todos os tempos de US $ 20.000 em dezembro de 2017. As pessoas que já investiam desde o começo se tornaram milionários da noite para o dia. Muitos se tornaram autoproclamados traders e investidores de bitcoin. Mesmo assim, muitos permaneceram ignorantes sobre alguns fatos.

Para iniciantes e ‘veteranos’ em Bitcoin, vale a pena conhecer esses 5 pontos:

Um hacker gerou 184 bilhões de bitcoins em 2010

Em 15 de agosto de 2010, em algo conhecido como “incidente de excesso de valor”, um hacker desconhecido atacou o blockchain do bitcoin criando 184.467.440.737.09551616 BTC do nada! Isso ocorreu no bloco 74638.

O criador do Bitcoin, Satoshi Nakamoto, rapidamente botou a mão na massa. A versão 0.3.1 foi lançada dentro de 5 horas após o incidente, o que impediu a impressão futura de Bitcoins por meio dessa exploração. Os 184 bilhões de bitcoins foram apagados

A cadeia gerada a partir do BTC versão 0.3.1 tornou-se a blockchain dominante que todos usam hoje.

Bitcoin é pai de 430 altcoins

Até a presente data, 2651 criptomoedas encontraram seu caminho no mercado. Mas, o interessante é que 436 deles vieram do Bitcoin por meio de garfos diretos ou indiretos.

O nome exato das altcoins, juntamente com sua origem/raiz, foram mapeados pelo Map of Coins. Os forks do Bitcoin sempre tentaram ultrapassar o BTC, mas eles vêm falhando repetidamente. O Bitcoin Cash é o exemplo mais proeminente.

Primeiro Faucet de Bitcoin distribuía 5 BTC por visitante

Um faucet de bitcoin é um sistema de recompensa, na forma de um site ou aplicativo, que distribui recompensas em satoshis, que são centésimos de um milionésimo de BTC, para os visitantes reivindicarem em troca de concluir um captcha ou tarefa, conforme descrito pelo site.

++ Ganhando criptomoedas de graça com faucets

Gavin Andresen criou o primeiro faucet de Bitcoin em junho de 2010, que distribuiu generosos (considerando a cotação atual) 5 BTCs para todos os visitantes. O objetivo era promover a adoção e o uso do Bitcoin.

Cerca de 732.000 endereços possuem pelo menos 1 BTC

Existem apenas 732.982 endereços que possuem mais de 1 BTC. Comparado a mais de 20 milhões de endereços conhecidos, esse número representa uma pequena quantidade de proprietários de “bitcoin inteiro”.

Cada um dos 10 principais endereços acumula uma quantidade significativa de BTC. Parece que essas pessoas já estão considerando a primeira criptomoeda do mundo se tornando uma reserva dominante de valor em um futuro próximo, pois poucas dessas contas mostram fluxos de saída.

Como autor colaborador do Bitcoinist, Osato Avan Nomayo coloca adequadamente:

“Considerando que a população global é de aproximadamente 7,5 bilhões, dos quais 36 milhões são milionários, será cada vez mais difícil até que as pessoas ricas possuam pelo menos 1 BTC.

Satoshi não é a menor unidade de BTC

Muitas pessoas pensam que Satoshi é a menor unidade mensurável de Bitcoin, pois 1 Satoshi é igual a 0,00000001 BTC.

Na verdade, existe uma unidade BTC ainda menor que já está sendo usada na Lightning Network. Este é o Millisatoshi (MSAT), que representa um milésimo de Satoshi.

Portanto, temos o seguinte:

  • 1 SAT = 0.00000001 BTC
  • 1 MSAT = 0.00000000001 BTC