Coingoback

Criptomoedas são apenas protocolos, contudo, algumas têm comunidades com mais feição para determinados países e muitas delas têm o Brasil como força motriz.

Nesse post vamos ver as criptomoedas que estão investindo pesado no Brasil.

Dash – A predileta da América Latina?

Canal do Rodrigo Digitak
Canal Dash Dinheiro Digital | Fonte: Youtube

A criptomoeda Dash foi muito inovadora ao lançar um sistema de financiamento próprio, ou seja, parte das moedas geradas são distribuídas para a comunidade e pela comunidade.

Dessa forma, os membros da DASH têm poder de voz. E parte desses membros resolveu investir pesado no Brasil e na América Latina.

Segundo dados da Dash Ninja, o fundo de investimento da Dash já investiu 563 DASH no Brasil, ou na cotação de hoje R$188.577,00. Inclusive, há canais que vivem de Dash no Brasil, como o “Rodrigo Digital”.

Mas a Dash está para perder seu posto para a próxima criptomoeda.

Decred – Nova no dinheiro, mas velha no pedaço

Decred Meetup
Evento da Decred em BH – Minas Gerais

A Decred é uma das altcoins mais queridas nas terras tupiniquins.

A comunidade brasileira da Decred é composta por veteranos de guerra no mercado de criptomoedas, incluindo Emilio Mann, o mítico Girino Vey, o hacker Fernando Guisso ☂️ e muitos outros.

A comunidade brasileira por muitos anos pagou pelo próprio crescimento e criou projetos interessantes com a criptomoeda, como um cartório digital em blockchain da OriginalMy.

Recentemente a comunidade brasileira conseguiu um investimento de R$610 mil pelo seu sistema de governança, chamado de Politeia. Como resultado, a Decred será a criptomoeda com DAO que mais investirá no Brasil em 2020.

Nano – Movida pela comunidade

Assim como a Decred antigamente, a comunidade brasileira de Nano se sustenta por si só, sem um fundo recebido diretamente da criptomoeda.

Apesar disso, os projetos envolvendo a Nano estão crescendo no país. Dentre eles temos:

  • CoinGoBack: O primeiro cashback com Nano do mundo nasceu no Brasil
  • Delegated Proof of Stake: Um projeto brasileiro inovador para facilitar as transações com Nano. Vencedor internacional da competição NanoJam.

Sem um fundo específico para marketing, a comunidade vive de doações e ações espontâneas. No Brasil são mais de 13 mil membros, com grande engajamento nas redes sociais.

Enquanto a Nano não tem um fundo específico, a próxima criptomoeda tem um criador de blocos aqui no Brasil.

EOS – Rio de Janeiro

EOS meetup
Meetup em Sâo Paulo

A EOS é uma criptomoeda baseada em um sistema de computador descentralizado. Como assim? Explicamos no post “O que é EOS?“.

Apesar de o projeto não ser brasileiro, um dos principais mineradores é do Rio de Janeiro. Conforme dados do LinkedIn, a EOS RIO tem atualmente 7 funcionários que literalmente trabalham para o protocolo.

Em março, a desenvolvedora da EOS registrou marca no INPI, mostrando o quão importante é o mercado brasileiro para a criptomoeda.

Com um staff grande, meetups e computadores produzindo blocos, a EOS é uma das criptos que mais investem no Brasil.

Tezos – Chegando com bilhões

O projeto Tezos está chegando forte ao Brasil, em julho de 2019 eles anunciaram uma parceria com o Banco BTG Pactual, acordo de US$1 bilhão.

Apesar de pequena, a Tezos está vindo para o Brasil e com certeza é uma das principais criptomoedas que vão investir no país nos próximos anos.

Em breve teremos um review da Tezos no canal do Cointimes no Youtube.

Ripple/XRP ?

Outras criptomoedas ou empresas que fazem gestão de protocolo também já deram as caras no Brasil, a maior delas é a Ripple. Conforme publicado anteriormente, a Ripple (responsável pelo XRP) abriu um escritório no Brasil.

Contudo, ao que parece, ela está focada em construir boas relações com grandes bancos e a XRP é apenas um dos vários produtos da Ripple.


Veja também: Ripple chega ao Brasil e tem foco na América Latina


CryptoBRL – A stablecoin brasileira

Apesar de não ser uma “criptomoeda” e sim um token, a stablecoin CryptoBRL é um projeto brasileiro que vale a pena citar. Criado por um conjunto de empresas, a moeda é pareada 1:1 com o Real e tem crescido por aqui.

Fizemos um review da cBRL no nosso canal no Youtube, vale a pena dar uma olhada:

Esses são alguns dos projetos que estão de olho no Brasil, vários outros não foram citados, mas estes ficam para outro post.

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br