Passfolio

O banco Raymond James acredita que a Bath & Body Works parece ser um dos melhores negócios para investidores na categoria de varejo.

A analista Olivia Tong iniciou a cobertura das ações com uma forte classificação de compra, dizendo em uma nota aos clientes na noite de terça-feira (12) que as ações da Bath & Body Works (BBWI) estão sobrevendidas e podem iniciar um momento de alta, mesmo que a economia dos Estados Unidos sofra com uma desaceleração significativa.

Segundo Tong, “mesmo presumindo uma recessão pior do que a de 2008/2009, as ações da BBWI têm sido punidas exageradamente em nosso ponto de vista.” Com isto, o Raymond James estabeleceu uma meta de preço de US $45 por ação, valor  67,5% acima do preço no qual as ações fecharam na terça-feira.

Neste ano, as ações da BBWI caíram mais de 61% até o momento, tendo um desempenho abaixo tanto do S&P 500 quanto do setor varejista, conforme medido pela SPDR S&P Retail ETF.

Passfolio

No ano passado, a Victoria’s Secret (VSCO) se transformou em uma empresa independente da L Brands, que também cobria a Bath & Body Works mas, de acordo com Raymond James, o negócio ainda assim deve se mostrar um varejista resistente em uma crise econômica.

Tong sugere que com a fidelidade dos clientes e um ritmo consistente de inovação, o banco espera que a Bath & Body Works “seja um dos compositores mais consistentes no setor de beleza e cuidados pessoais,” mesmo que o varejo esteja mais desafiador para empresas do ramo, que se beneficiaram durante a pandemia. 

Com a divisão corporativa e a queda dos preços das ações, Bath & Body Works agora tem um limite de mercado de cerca de US $6 bilhões.

Para investir em ações listadas na Bolsa de Valores de NY crie sua conta na corretora Passfolio, parceira oficial do Stocktimes.

Leia também

Passfolio