A Ripple é uma empresa do setor de blockchain que vem ganhando algumas manchetes ultimamente – e por bons motivos. Agora, a empresa está tendo um grande avanço, já que o segundo maior banco dos Estados Unidos, o Bank of America, passa a se interessar pela tecnologia.

O Bank of America testou o Ripple DLT (Tecnologia de Ledger Distribuída). Como tal, não é exagero acreditar que o banco está planejando adotar a tecnologia.

De fato, a Ripple mencionou o banco como um “cliente” durante uma apresentação no final de 2018. No entanto, o banco realizou os testes de forma bastante discreta, algo que faz sentido, dado que a instituição tem sido um pouco apática à nova tecnologia blockchain.

Leia também:
++ CEO da Ripple oferece “solução trilionária” aos bancos
++ Foxbit lança Ripple na sua plataforma

O que isso significa para a XRP

De acordo com um porta-voz do banco, o Ripple e o Bank of America trabalham juntos desde 2016, algo que pode ter levado ao atual relacionamento florescente entre os dois.

Porém, é justo observar que o Bank of America não manifestou interesse em adotar o uso do XRP como moeda base para transações internacionais mais rápidas.

Em vez disso, o banco está atualmente interessado na solução de pagamento Ripple chamada xCurrent. Ao contrário do xRapid, o xCurrent não utiliza o XRP. Outros grandes bancos que usam o sistema incluem Santander, PNC e American Express.

Fonte: zycrypto.