O Bitcoin Cash, o fork mais bem-sucedido do Bitcoin BTC, completa seu 3° ano de independência com grandes avanços e boas perspectivas de futuro.


Resumo da matéria:

  • Melhorias no protocolo do Bitcoin Cash
  • Novos negócios surgindo
  • Ajuda humanitária e liberdade de expressão
  • O futuro do Bitcoin Cash

O fork do Bitcoin Cash aconteceu em 2017, quando a comunidade decidiu que não iria continuar pagando taxas de US$50 para fazer uma transferência de Bitcoin – assim, criando o Bitcoin Cash

O Bitcoin Cash tem a proposta de ser um sistema eletrônico de dinheiro P2P para o mundo, com taxas baratas e uma comunidade voltado para adoção. A criptomoeda fez diversos avanços desde sua divisão com o BTC, como:

  • Upgrade do tamanho de bloco para 32MB, comportando aproximadamente 116 transações por segundo, enquanto o BTC consegue apenas 7;
  • A criação do Simple Ledger Protocol (SPV), permitindo novamente a criação de tokens no Bitcoin sem taxas absurdas;
  • A implementação do CashFusion, que é reconhecido como uma melhor maneira de ter certo anonimato com transações onchain em protocolos como o do Bitcoin;
  • Foi implementado as assinaturas de Schnorr, permitindo transações mais eficientes e privadas;

Com tantas melhorias, hoje é 4.224 vezes mais caro fazer transações no Bitcoin BTC do que no Bitcoin Cash. O preço barato das transações levou à criação de diversas iniciativas como:

  • Read.Cash: Plataforma de blog aberta que permite o uso de Bitcoin Cash para recompensar bons autores. Alguns escritores já conseguiram mais de US$ 1000 em bitcoin cash apenas escrevendo.
  • Cointext: Permite transações de Bitcoin Cash via SMS, sem necessidade de internet.
  • Satoshi Dice: Os sites de apostas estão migrando para o Bitcoin Cash e o mais famoso foi o Satoshi Dice, que permite fazer apostas onchain.

Além disso, o Bitcoin Cash já domina o comércio na Venezuela superando até mesmo o BTC e está na frente também na Austrália. A criptomoeda ganha força no Brasil e em países em desenvolvimento devido ao baixo custo transacional.

Bitcoin ajudando quem precisa

Mas a comunidade do Bitcoin Cash não é feita apenas de negócios e desenvolvimento, o lado humanitário tem ajudado a difundir a moeda de Satoshi Nakamoto para o mundo.

Usando o dinheiro digital descentralizado, os bitcoiners mandaram mais de 342 bitcoins para alimentar crianças e pessoas com necessidade na Venezuela, tudo graças ao projeto eatBCH.

O eatBCH é um das maiores ações humanitárias no espaço de criptomoedas. Mas o Bitcoineirs não param por aí, as grandes doações também foram feitas para Wikileaks, Foundation for Economic Education, FreeRoss e diversas outras instituições que lutam pela liberdade de expressão.

Falando em liberdade de expressão, Hong Kong começou a aceitar mais Bitcoin Cash e deixou de lado o BTC. Em meio a censura do governo chinês, os cidadãos começaram a usar o Bitcoin Cash em vending machines:

O futuro do Bitcoin Cash

Os adeptos do Bitcoin Cash apoiam fortemente a livre discussão, sem censura de ideias e projetos. Como resultado, tivemos diversas propostas de melhorias debatidas abertamente na comunidade.

Veja também:

Uma das ideias foi a criação de um fundo para desenvolvimento de US$ 6 milhões, contudo, com diversas discussões o plano foi deixada de lado. Mas os desenvolvedores dos clientes para BCH conseguiram milhões de dólares em Bitcoin Cash e continuam firme na criação de novas propostas.

Uma delas é a Avalanche, uma melhoria no protocolo que dará mais segurança para transações com 0-conf (sem terem entrado para um bloco), isso permitirá mais adoção em comércios.

“Se usado dessa maneira, daria ao Bitcoin Cash o equivalente a confirmações quase instantâneas, melhorando a sincronização de mempool e reduzindo o incentivo financeiro ao ataque de 51%”, detalha o explorador do blockchain do Avalanche.

A Avalanche já está sendo testada on-chain pelo cliente BCHD, que tem um explorador de blocos para esse método de pré-consenso. 

Com a liberdade para discutir novas ideias em canais oficiais, o Bitcoin Cash com certeza terá um grande futuro pela frente. Quer se unir a comunidade de Bitcoin Cash no Brasil? Entre para o grupo Bitcoin Cash Brasil no Facebook.