Uma nova versão do cliente de software do Bitcoin Core, originalmente lançado por Satoshi Nakamoto, foi lançada na segunda-feira (25).

O Bitcoin Core 23.0 contou com a colaboração de 132 desenvolvedores ao longo de sete meses para trazer melhorias para a carteira do Bitcoin Core, comunicação e rede ponto a ponto, estimativa de taxas, etc.

Suporte ao Taproot

Ao criar um novo endereço na carteira Bitcoin Core, o usuário agora pode escolher o tipo de endereço Taproot. Ainda não é definida como padrão, pois ainda muitos outros softwares do ecossistema ainda não adicionaram suporte a essa nova tecnologia.

Não haverá economia nas taxas a princípio, pois o endereço Taproot gerado é simples e de chave única, não se beneficiando da otimização de gastos mais complexos que a atualização oferece.

Vale notar que quando o Segwit – a última grande atualização do Bitcoin – foi adotado pela carteira do Bitcoin Core, a adoção viu um impulso para cerca de 30% das transações na rede, incentivando que outras carteiras do ecossistema dessem o mesmo passo na direção da adoção.

Segurança contra enviar para o endereço errado

O tipo de endereço Bech32, também conhecido como Segwit nativo, que começa com “bc1…” possui uma característica que permite a identificação de erros de digitação, e o Bitcoin Core 23.0 agora avisa aos usuários quando eles podem perder fundos mandando bitcoins para um endereço errado.

A atualização não é perfeita, mas pode identificar até 2 erros no endereço bech32, se o usuário utilizar o comando de validar endereço “validateaddress”. Os desenvolvedores planejam integrar essa melhoria na interface de usuário, para evitar que as pessoas tenham que manualmente escrever a linha de comando.

Melhoria na privacidade do usuário

Se você está preocupado com a sua privacidade na rede Bitcoin, possivelmente já realizou um coinjoin ou, pelo menos, se preocupa com o controle de UTXOs (saídas não gastas).

Um bitcoiner preocupado com a privacidade muitas vezes separa suas moedas entre “marcadas por KYC” (moedas ligadas com a identidade do usuário) e “moedas sem KYC” (UTXOs não ligadas com a identidade do usuário).

O controle de UTXOs permite que o usuário nunca gaste ao mesmo tempo as moedas com KYC e as moedas sem KYC, prejudicando a privacidade do usuário.

O Bitcoin Core 23.0 agora insere a funcionalidade de congelamento de moedas, que pode ser útil para o usuário preocupado com a privacidade não cometa o erro de gastar ao mesmo tempo moedas que ele não queria que fossem conectadas em uma análise de blockchain.

Para saber mais sobre o Bitcoin Core 23.0, veja as notas de lançamento da atualização no Github.

Veja também:

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br