Com a recente notícia da demissão do Sérgio Moro e o Real caindo como nenhuma outra moeda no mundo, o Bitcoin se tornou uma alternativa imediata para os brasileiros.

A criptomoeda que enfrentou queda junto ao Ibovespa no final de fevereiro e começo de março, já recuperou totalmente os níveis anteriores a crise no Brasil.

Bitcoin se recupera 100% da crise do coronavírus

Bitcoin volta a ser negociado a R$ 42.399 na Foxbit, cotação que estava antes das recentes grandes quedas.

Porque o Bitcoin é uma alternativa real

Enquanto o Ibovespa chegou a cair 9,5% hoje, quase alcançando mais um circuit breaker, o Bitcoin enxerga uma valorização de 5,7% nas últimas 24h.

A criptomoeda aparece como alternativa à instabilidade do governo porque é uma moeda descentralizada, com regras monetárias rígidas e capazes de se eximir das consequências do controle político.

Além disso, como uma moeda de código aberto, não é uma tecnologia estagnada, mas é uma moeda que se aprimora cada vez mais e tende a melhorar no longo prazo.

+ LEIA MAIS: Por que o preço do Bitcoin está subindo?

Por outro lado, o poder de compra das moedas fiduciárias está diminuindo no longo prazo, e ainda são desestabilizadas em momentos de incertezas políticas, como a atual possível queda do governo Bolsonaro.

Além disso, a tese do Bitcoin como reserva de valor, apesar de abalada na queda causada pela crise do coronavírus, parece estar voltando com força.

De acordo com recentes projeções da Bloomberg, o Bitcoin amadurecerá como uma reserva de valor semelhante ao ouro ainda em 2020.


Quer aprender mais sobre Bitcoin? Entenda quais são os tipos de carteira que você pode utilizar:

Não deixe de se inscrever no nosso canal no YouTube para aprender tudo sobre Bitcoin e criptomoedas.

BitcoinToYou –  Negocie criptomoedas sem pagar taxa
 
A primeira corretora do Brasil, negociamos criptomoedas desde 2010. 
Abra sua conta grátis!