Uma enorme violação de dados levou mais de 2,2 milhões de usuários a publicar seus dados de senha e informações pessoais online, incluindo informações da carteira online de criptomoedas GateHub.

Leia também:
++ Carteira no site do Monero é comprometida e roubava criptomoedas
++ Maduro aparece com carteira de bitcoin Trezor na TV, mas ela pode ser falsa

De acordo com um relatório da Ars Technica publicado em 19 de novembro, o pesquisador de segurança Troy Hunt confirmou que mais de 2,2 milhões de usuários tiveram seus dados vazados em uma grande violação de privacidade.

Hunt, que é o pesquisador do serviço de notificação de violação “Have I Been Pwned“, diz que 1,4 milhão de contas do serviço de carteira foram impactadas, além de 800.000 contas no provedor de bot RuneScape Epic Bot.


++ Conheça a Bitfy, a carteira de Bitcoin que realmente funciona!


As informações roubadas incluem endereços de email do usuário, senhas e autenticação de dois fatores. Embora o pôster original do banco de dados do GateHub de 3,72 GB alegasse que ele incluía hashes de carteira, os funcionários do GateHub posteriormente contestaram esse ponto após uma investigação.

O GateHub notificou anteriormente os usuários sobre um hack ocorrido em julho, que resultou no roubo de 23 milhões de XRP. No entanto, a empresa alegou que o comprometimento dos dados havia sido limitado a cerca de 18.000 contas de usuários, longe dos 1,4 milhões que foram publicados recentemente na dark web.

Fonte: Cryptoglobe.