Face Forward Project, uma ação preventiva contra o COVID-19 com foco na vacinação, está minteando retratos de jovens vacinados em NFTs.

De acordo com um comunicado do governo de Chicago, a ação seria uma recompensa para os jovens (12 a 18 anos)  que se vacinaram contra a COVID-19. Os adolescentes têm a chance de ter seu retrato minteado em um NFT único para recordação ou para, mais tarde, vender em um mercado secundário.

O projeto conta com a plataforma VAST, que dará NFTs aos adolescentes que escolherem participar. Cada NFT inclui um trecho do trabalho do músico e produtor Keith Harris, enquanto os retratos são feitos por Sandro Miller, um fotógrafo premiado – ambos cidadãos de Chicago. O design dos cenários é projetado por uma Inteligência Artificial e tem base na personalidade, sonhos e objetivos de cada adolescente, com certa inspiração em monumentos e marcos históricos da cidade.

Embora NFTs já tenham usados para arrecadar doações para caridade diversas vezes no passado, esta parece ser uma das primeiras vezes em que coleções digitais foram usadas para recompensar iniciativas de saúde pública, especialmente contra a pandemia do coronavírus. 

Passfolio

A página oficial do projeto, no site da prefeitura, diz que “a cidade de Chicago espera que o Face Forward Project seja um grande lembrete para que Chicago continue olhando para o futuro, porque nosso futuro é otimista e seguro quando nossas crianças são vacinadas.”

Leia mais:

Passfolio