Breaking News  
Como as eleições podem afetar a cotação do Bitcoin no Brasil Mercado

Como as eleições podem afetar a cotação do Bitcoin no Brasil

A eleição brasileira deste ano é a mais imprevisível dos últimos tempos. Como este cenário de incerteza pode fazer com que o preço do Bitcoin suba?

Lucas Bassotto
Lucas Bassotto

Cotação do Dólar

O preço do dólar no Brasil é definido através do mercado, ou seja, oferta e demanda. Se tem mais pessoas comprando dólar no mercado, o preço do dólar irá subir. No entanto, se há mais pessoas vendendo, o seu preço irá cair. Existem variados fatores que podem influenciar tanto a oferta quando a demanda, que por sua vez, afetarão a cotação. Neste post, iremos estudar especificamente a influência das eleições sobre a cotação do dólar.

Gasolina e Bitcoin: Efeitos da escassez

O governo Brasileiro, por exemplo, pode vender dólares no mercado para manter a cotação em baixa. Geralmente os governos recorrem a este recurso para aumentar a competitividade de suas exportações. Além disso, a intervenção pode ser um instrumento utilizado quando a cotação além do que era planejado pelo Banco Central.

Como as eleições afetam o dólar

Existem vários índices econômicos que podem ser utilizados para medir a confiança dos investidores em determinado país. Geralmente, o índice mais utilizado é a cotação do dólar comercial. Um cenário de incerteza faz com que os investidores retirem seus dólares do Brasil e procurem um país mais seguro.

Um país que tem uma cotação de dólar elevada geralmente não é muito confiável. Salvo alguns países como o Japão, que desvaloriza a sua moeda propositalmente para tornar suas exportações mais competitivas.

como as eleições afetam o dólar
Evolução do Dólar desde 2017 – Elaboração própria

A eleição brasileira deste ano é a mais imprevisível dos últimos tempos. Além disso, as propostas econômicas dos candidatos que lideram as pesquisas parecem não agradar o mercado. Há especialistas que estão prevendo que a cotação do dólar chegue aos R$5,30 em outubro. Dependendo do vencedor, o dólar pode passar muito da previsão, fazendo com que seja necessária uma ampla atuação do Banco Central para controlar o câmbio.

como as eleições afetam o dólar
Evolução do Dólar antes da eleição de 2014

Uma coisa é certa, a cotação do dólar já está começando a subir, e o movimento se tornará mais acelerado com a proximidade das eleições. Muitos investidores brasileiros estão dolarizando seu patrimônio como uma maneira de se proteger de um cenário de incerteza. Ou seja, o mercado já está começando a precificar a incerteza das eleições. 

Em defesa da especulação

Como compro dólar para me proteger?

Se você tem uma viagem marcada ou algum pagamento para efetuar em dólar, é bom ficar atento nos movimentos do mercado em relação às pesquisas eleitorais. O mercado forma padrões de reação a cada divulgação de pesquisa, demonstrando preferência por algum candidato.

A forma mais eficiente e barata de comprar dólar é através dos contratos futuros para quantias acima de US$50.000 ou em contratos mini-dólar, que não requerem uma quantia mínima. Você pode negociar esses contratos em corretoras, a principal delas é a XP Investimentos.

Como isso tudo afeta o Bitcoin?

Como a mineração no Brasil é irrisiória, quando comparada à estrangeira, nossos Bitcoins são “importados”. Por conta disso, utilizamos as cotações das exchanges estrangeiras como referência no preço. Logo, nos baseamos no dólar comercial para saber o preço do Bitcoin no Brasil. Entretanto, algumas falhas e custos fazem com que tenha algum ágio entre o preço do Bitcoin brasileiro e estrangeiro.

Desta forma, o preço do Bitcoin no Brasil é cotado em dólar, que é uma moeda utilizada como referência pela maioria dos países. Portanto, se a cotação do dólar sobe com a incerteza das eleições, automaticamente o preço do Bitcoin aqui no Brasil seguirá o mesmo caminho

Por sua vez, o preço do Bitcoin internacional é definido através de oferta e demanda. É importante notar que o preço do dólar e do Bitcoin internacional são independentes. Desta forma, não é porque o preço do Bitcoin internacional vai subir, que necessariamente a cotação do dólar seguirá o mesmo caminho.

Quem ganha e quem perde?

Vamos utilizar um pouco de Teoria dos Jogos, elaborada pelo matemático John Nash. Serão 4 cenários: Cotação do Bitcoin e Dólar irão subir ou cair. Quem comprou Bitcoin será representado pela letra H, quem deseja comprar Bitcoin está representado pela letra C. Ganhos são representados com o sinal de +, perdas são representadas com sinal de .

como as eleições afetam o dólar
Teoria dos jogos. Bitcoin e Dólar – Elaboração própria

Como podemos ver na figura acima, os ganhos e as perdas dependem do quanto a cotação do dólar e do Bitcoin variam. Se o dólar subir 1% enquanto o Bitcoin internacional cai 2%, ainda assim haverão perdas, que serão mitigadas com a subida do dólar. O oposto também ocorre se o Bitcoin subir 3% e o dólar cair 2%, nesse caso, a queda do dólar impediu um ganho maior para quem comprou Bitcoin.

Conclusão

O dólar ficará mais caro nos próximos meses, a não ser que o Banco Central intervenha. Isso pode ser vantajoso para quem está segurando Bitcoin com o objetivo de valorização. No entanto, a criptomoeda ficará mais cara para compradores futuros, que estarão com o Real desvalorizado.

Com a tendência de baixa do Bitcoin se confirmando no mercado, uma valorização do dólar seria mais do que bem-vinda para quem está comprado. Além disso, uma valorização pode servir como colchão para mitigar perdas.

Gostou do post? Compartilhe com seus amigos em suas redes sociais. Não deixe de seguir nossa Newsletter.

Lucas Bassotto
Lucas Bassotto

Sou Lucas Bassotto, graduando em Economia. Um grande entusiasta do mundo da criptoeconomia. Atualmente trabalho na Foxbit produzindo conteúdo.

O Cointimes utiliza cookies com o objetivo de melhorar sua experiência em nossa página web e adaptar o conteúdo para torná-lo mais útil e acessível. Para mais informações, consulte a nossa política de cookies.