Passfolio

Análise on-chain mostra que as 100 maiores baleias de Ethereum estão aproveitando a queda para acumular 10 criptoativos. Veja quais são as preferências dos grandes players do mercado.

100 maiores baleias de Ethereum

A blockchain é um livro contábil público e transparente, que qualquer pessoa pode acessar e analisar. Dada esta característica, conseguimos fazer análises on-chain para monitorar os grandes investidores do mercado, identificando-os através dos endereços “mais ricos” da rede.

Ao observar os 100 endereços com maior capital, somando o valor de todos os tokens dentro destes endereços, podemos conseguir dicas valiosas sobre que tipo de criptoativo o “dinheiro inteligente” está comprando, vendendo ou fazendo hold.

Por exemplo, o token preferido para “hold” pelas 100 maiores baleias de Ethereum, não é o ETH, mas sim o token da Uniswap (UNI), a principal exchange descentralizada (DEX) do ecossistema.

Passfolio
Most widely held token: UNI.
Fonte: Whalestats – Top 100 endereços de Ethereum

Isso ocorre, porque um mesmo endereço na blockchain da ethereum pode ser utilizado em outras redes que se conectam à Ethereum Virtual Machine (EVM).

Os 10 criptoativos mais comprados durante a queda

Com o mercado cripto indo para a oitava semana seguida de queda e saída de capital, alcançando números que se assemelham ao inverno cripto de 2018, abre-se uma boa oportunidade de acumulação de criptoativos “em desconto”, mas também conseguimos identificar tendências de proteção de capital.

Saiba mais: 15 das 30 principais criptomoedas estão com perdas de 80% desde a alta histórica

Veja na sequência quais são os 10 ativos preferidos da baleias nas últimas 24 horas, com um claro foco em stablecoins e soluções relacionadas com rendimento passivo (yield) em plataformas descentralizadas.

Top 10 compras das baleias de ethereum, na ordem: USDC, ETH, USDT, BIT, YFI, LINK, MKR, AXS, GRT, GHST
Fonte: Whalestats – Top 100 endereços de Ethereum

Neste período, um total de US $3.222.151 foram comprados pelos maiores 100 endereços.

Stablecoins são 72,8% das compras

A preferência da baleias de ethereum ainda é, de longe, para stablecoins, com CircleUSD (USDC) e TetherUSD (USDT) acumulando US $2.346.538 (72,8% do top 10) de capital em compras nas últimas 24 horas. USDC ainda lidera a preferência com cerca de quatro vezes mais capital do que o USDT.

Esta procura pelas “moedas estáveis” atreladas ao dólar norte-americano é um comportamento padrão e histórico em momentos de quedas e incertezas do mercado cripto, conforme observado em 2018.

Essa informação nos indica que as grandes baleias do mercado ainda não estão muito otimistas com o futuro próximo dos preços e preferem alocar capital em ativos que funcionam como hedge de proteção contra a volatilidade dos demais criptoativos, aguardando um momento melhor para aumentar a exposição ao risco.

Ether (ETH) é o segundo maior

Consolidando à atual “aversão ao risco” dos grandes players, vemos uma alocação bem significativa em Ether (ETH), o token nativo da blockchain e já considerado com uma “blue-chip” no mercado cripto, ao lado do líder Bitcoin (BTC).

O token ETH recebeu 25,2% do total de compras nas últimas 24 horas, com US $813.613, assumindo o segundo lugar.

Outros tokens possuem procura menor

Ethereum e Stablecoins somam juntos 98% de todas as compras do dia por parte das maiores baleias de Ethereum, restando 2% de alocações que são divididas entre 7 outros criptoativos.

Entre as preferências de maior exposição ao risco estão projetos ligados ao aumento de rendimento passivo em plataformas de finanças descentralizadas (DeFi) e no oráculo ChainLink (LINK) que permite a conexão do ecossistema DeFi com o mundo real.

Os outros 6 tokens são, na ordem: BIT, YFI, MKR, AXS, GRT, GHST.

MKR é o token da MakerDAO, que administra a stablecoin DAI. Tanto MKR como LINK tiveram bom desempenho e cresceram durante o último inverno cripto.

Leia mais:

Passfolio