Já pensou parar o blockchain do bitcoin por quase 3 horas? Foi isso que aconteceu na semana passada, simplesmente a nova criptomoeda Beam parou de funcionar

A Beam, a moeda focada em privacidade e que implementa o protocolo MimbleWimble, anunciou por meio de seu Twitter que seu blockchain parou no bloco 25.709.

A equipe de desenvolvimento da criptomoeda alertou que todos os fundos estavam salvos e que investigaria a situação.

Pouco tempo depois, em uma postagem no blog oficial, eles descreveram o bug como um “cenário raro, resultado do padrão de uso atípico da carteira Beam (ainda válido) que fez com que os nós não conseguissem explorar o próximo bloco após o bloco 25.709.”

Os devs aplicaram a correção do código que impedia o reconhecimento da transação, entretanto uma pool de mineração encontrou o problema antes e começou a minerar blocos vazios dentro da rede.

Entre o primeiro anúncio no Twitter avisando sobre a paralisação e a resposta com o novo código foram mais de 3 horas.

Os usuários ficaram preocupados com o congelamento do blockchain da Beam, pois uma semana antes foi encontrado um bug crítico na rede. O problema foi corrigido com a desinstalação da carteira e a reinstalação da versão com o bug corrigido.

A criptomoeda foi muito criticada nas redes sociais, muitos fizeram piada com a situação e outros falaram que o problema foi a pressa em lançar a Beam antes de seu concorrente, a Grin:

“Você já tentou tirar da tomada e colocar de volta?”

A Beam é uma criptomoeda que compete com o Monero, Zcash e a nova Grin com o objetivo de ser utilizada para a privacidade e o anonimato.


Siga e compartilhe a página do Cointimes para se manter atualizado com os conteúdos mais relevantes. Estamos em todas as mídias sociais também: FacebookTwitterInstagram e Telegram .