O mercado de criptomoedas está a caminho de experimentar o mais longo bear market (período de baixa) em seus 10 anos de história.

Conforme dito por Ran Neuner, o anfitrião do Crypto Trader da CNBC:

“Se esse bear market durar por mais um mês, ele ultrapassará a correção de 420 dias que o mercado de criptomoedas experimentou entre 2014 e 2015.

Se este mercado continuar por mais um mês, será o mais longo bear market da história das criptos já que 2014/15 teve 420 dias. 2018/19 tem 390 dias”, disse Neuner.


Quer ganhar Bitcoins?
A gente te ajuda nisso.
Abra uma conta grátis!


 

Por que esse bear market está durando tanto e porque ele pode se estender para 2019?

Em 2017, o setor de criptomoedas teve sua maior alta de todos os tempos. O preço do Bitcoin subiu de menos de US $ 1.000 para US $ 20.000 em seu pico, enquanto outros ativos nos segmento de criptomoedas como Ethereum e Ripple registraram ganhos de 200 vezes em um período de 12 meses.

Antes de dezembro de 2017, quando a capitalização do mercado de criptomoedas alcançou uma alta de mais de US $ 800 bilhões, o co-criador da Ethereum, Vitalik Buterin, sugeriu que a valorização do mercado não é sustentável devido à falta de progresso feito pelos protocolos base da blockchain e aplicações descentralizadas (dApps).

Na época, Buterin disse:

“O valor total do mercado atingiu $ 0.5 trilhão hoje. Mas nós merecemos isso? Quantas pessoas sem banco nós bancarizamos? Quantos dapps nós criamos que possuem uso substancial?

Baixo valor agregado por usuário para usar um blockchain é bom, mas você tem que compensar isso em volume … A resposta para todas essas perguntas definitivamente não é zero e, em alguns casos, é bastante significativa. Mas não o suficiente para justificar todo esse crescimento.”

Perda de 76% da capitalização de mercado

Desde então, a valorização do mercado de criptomoedas caiu de US $ 500 bilhões para US $ 119 bilhões, bem acima dos 76,2%. De sua alta de todos os tempos, o mercado de criptomoedas caiu 85%.

O recente bear market no mercado de criptomoedas provavelmente será a correção mais longa de sua história por causa do nível de consciência que a classe de ativos ganhou em seu pico em 2017.

Muitos novos investidores de varejo e operadores individuais entraram no setor de criptomoedas em seu ponto mais alto e registraram perdas substanciais em um curto período.

Vinny Lingham, um investidor de capital de risco e CEO da Civic, disse que pode levar muito tempo para os investidores se recuperarem psicologicamente, o que pode contribuir para o cronograma da correção ao longo de 2019.

criptomoedas em baixa por conta da baixa do bitcoin
Perdas superam os 80% no mercado de bitcoin.

Em novembro de 2018, Lingham declarou:

Eu acho que fica no intervalo entre US $ 3.000 a US $ 5.000, pelo menos, durante três a seis meses. Eu não acho que nós rompemos o nível de suporte de US $ 3.000 ainda. Eu acho que há muita compra a curto prazo em torno dessa marca. Se não sairmos desse ciclo nos próximos três ou seis meses, o nível de US $ 3.000 poderia ser perdido.”

2019 definido para ser um ano tedioso com criptomoedas em baixa

Os analistas geralmente percebem que 2019 se tornou um ano chato para os investidores com um baixo nível de volatilidade e uma falta de interrupções acima dos principais níveis de suporte para os principais ativos de criptografia.

Se o mercado de criptomoedas permanecer na faixa de US $ 100 a US $ 400 bilhões em valor de mercado até o final de fevereiro, será oficialmente o mais longo bear market de todos os tempos.

Leia também:

https://cointimes.com.br/motivos-para-queda-de-preco-do-bitcoin/

Adaptado de CCN

Você gostou desse conteúdo? Nós temos muito mais! Siga e compartilhe a página do Cointimes para se manter atualizado com os conteúdos mais relevantes. Estamos em todas as mídias sociais também: FacebookTwitterInstagram e Telegram


BitPreço, o maior marketplace da América Latina. Compare os preços das principais exchanges do Brasil e mundo, e compre Bitcoin, Ethereum e USDT pelo melhor preço sempre.

Crie sua conta grátis agora!