Coingoback

Atualmente existem 2 mil criptomoedas no mercado. Cada uma tem a sua especialidade ou função. Nem todas se propõem a ser um dinheiro digital como o Bitcoin se propunha originalmente. Algumas querem oferecer soluções em blockchain, plataformas para tokenização e contratos inteligentes ou até mesmo alternativas para serviços financeiros.

No entanto, ainda existem criptomoedas que se propõem a ser um dinheiro digital. Se uma cripto se classifica com essa função, ela está automaticamente competindo com a maior do mercado: o Bitcoin. Nesse post você vai conhecer as principais concorrentes.

Bitcoin Cash

O Bitcoin Cash é bastante controverso e cheio de polêmicas ao seu entorno. Ele surgiu de um hardfork do Bitcoin em agosto de 2017. Naquela ocasião havia um grande debate: as transações do Bitcoin estão caras e isso impede que ele seja utilizado como dinheiro digital.

A sugestão era aumentar o tamanho do bloco de transações na rede do Bitcoin, fazendo com que se aumente a capacidade de transação, diminuindo taxas e demora. Quem era contra essa solução argumentava que isso ia centralizar a rede na mão de mineradores e grandes empresas.

Para quem se opunha ao aumento de bloco a solução deveria ser trabalhar em camadas de transação fora da rede do Bitcoin, como já acontece com a Lightning Network.

Diante do impasse, o hardfork aconteceu e a rede do Bitcoin se bifurcou, dando origem ao Bitcoin Cash. Desde então, o “irmão” do Bitcoin tem seguido seu caminho e ganhado melhorias tecnológicas. Ele é a 4ª criptomoeda mais relevante em termos de capitalização de mercado.

A transação do Bitcoin Cash leva 10 min para receber uma confirmação da rede, exatamente o mesmo do Bitcoin, mas a sua taxa de transação é de
$0.0074 USD, contra uma média de US$ 4 do Bitcoin

Conteúdo recomendado:

→ Quer aprender a detectar oportunidades de valorização como essas? Veja nosso relatório sobre o mercado de altcoins.

→ Também possuímos um relatório para quem quer investir em bitcoin

Litecoin

Apesar de ser piada entre os “bitcoiners” sobre a Litecoin ser a rede de testes do Bitcoin, ela sempre teve fiéis investidores e se manteve discretamente entre as principais criptos do mercado. Ela é uma das altcoins mais antigas e de maior longevidade.

A Litecoin consegue entregar transações até 4 vezes mais rápidas do que o Bitcoin. A taxa de transação custa 1 centavo de dólar americano, o que a torna uma criptomoeda barata e excelente para ser aceita em comércios e gateways de pagamentos.

Ela foi pensada para ser justamente isso: um Bitcoin mais leve. A Litecoin tem a sexta maior capitalização do mercado e compete diretamente com o Bitcoin quando o assunto é se propor a ser um “dinheiro digital”.

Nano

A Nano ficou famosa no final de 2017 quando teve uma valorização insana. Ela saiu de alguns centavos para valer mais de US$ 34 dólares. Ela teve uma valorização de mais de 16.900%. Naquela ocasião, as taxas do Bitcoin estavam batendo recordes e transações levavam até dias.

Diante do problema, a Nano, até então conhecida como Raiblocks, entregava transações instantâneas e gratuitas sem a necessidade de mineração. Isso causou um grande hype no mercado e muitas pessoas chegaram a falar que ela era o “sucessor do Bitcoin”.

No entanto, alguns incidentes como o hack na Bitgrail e a correção geral do mercado levaram a Nano a perder sua relevância. Mas ainda assim, seu desenvolvimento e melhorias continuam.

Conclusão

Quando o assunto é servir como dinheiro digital para meio de pagamentos sem intermediários, o Bitcoin tem competidores formidáveis que oferecem taxas mais baratas e transações mais rápidas.

No entanto, quando o assunto é robustez, segurança, tradição e confiança, o Bitcoin tem o maior diferencial de todos. Uma rede orgânica, onde o criador pouco interfere e que funciona ininterruptamente em mais de 10 anos. Uma das principais características que uma moeda precisa ter antes de ser aceita é: confiança. Para o Bitcoin, isso não é um problema.

Quer ficar por dentro do mercado de Altcoins e aprender a tomar as melhores decisões? Confira nosso relatório.


BitPreço, o maior marketplace da América Latina. Compare os preços das principais exchanges do Brasil e mundo, e compre Bitcoin, Ethereum e USDT pelo melhor preço sempre.

Crie sua conta grátis agora!