O desenvolvedor do Bitcoin Jeremy Rubin, em parceria com outros contribuintes, está oferecendo 5,5 BTC para quem encontrar alguma falha grave na sua proposta de melhoria para o BTC.

Jeremy Rubin é um dos principais desenvolvedores por trás da proposta de melhoria ao Bitcoin 119 (BIP119), que pretende melhorar a capacidade de criar contratos inteligentes mais complexos no maior blockchain do mercado.

Veja também: Desenvolvedores do Bitcoin discutem novas funcionalidades poderosas

O CheckTemplateVerify, ou a abreviação CTV, é a atualização de código mais discutida na comunidade atualmente, com debates sobre a necessidade, consenso e a suposta pressa dos proponentes.

Mas, em relação à segurança, nada de grave foi encontrado até agora. Existe um programa de recompensa oferecendo 5,5 BTC para quem encontrar “um problema fundamental com o CTV na especificação ou na implementação de referência que o torna inseguro para inclusão no Bitcoin”.

O montante, equivalente na cotação de hoje a mais de R$ 1 milhão, foi reunido por uma série de entusiastas da proposta para incentivar uma maior atenção em relação ao CTV e a checagem de mais desenvolvedores para garantir que a atualização seja segura.

A recompensa inicial era em 28 de dezembro de 2021 de apenas US$ 10.000 do próprio Jeremy Rubin, que afirmou que se sentiu confortável em oferecer essa quantia por estar 99,9% certo de que não havia bugs no código. No entanto, outros defensores do CTV adicionaram massivas quantias de dinheiro para o programa de recompensa, totalizando mais de 5,5 BTC.

“Eu tentando encontrar bugs no CTV para resgatar minha própria recompensa”, tuitou Rubin.

Uma grande quantia de dinheiro posta a prêmio para o encontro de bugs definitivamente melhora a confiança da comunidade em relação a atualização, mas não é o suficiente para dizer que devemos implementá-la no Bitcoin agora, sugerem os desenvolvedores atualmente contrários a proposta do CTV, como Adam Back.

Discutivelmente ainda falta muito para que o consenso em torno do BIP119 seja atingido, mas a discussão é saudável para o Bitcoin, cuja descentralização é a maior qualidade, embora torne difícil o trabalho de desenvolvedores que querem adicionar novas funcionalidades no software.

Para entender como essa atualização pode tornar o Bitcoin mais atraente em relação ao Ethereum, veja o vídeo abaixo:

Veja também:

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br