Passfolio

O fundador e diretor executivo da corretora FTX  diz estar disposto a dar pelo menos $100 milhões de dólares ao candidato certo nas próximas eleições presidenciais dos EUA.

Em entrevista no podcast What’s Your Problem, Sam Bankman-Fried diz que investirá muito dinheiro no ciclo eleitoral de 2024 dependendo de quem se candidatar a presidente. 

Sua justificativa é a “grande responsabilidade que o governo dos Estados Unidos tem sobre os impactos e efeitos políticos no Ocidente.” Para Bankman-Fried, a oportunidade poderosa do país em ser pioneiro e guiar demais países politicamente deve ser tratada de acordo e com seriedade, principalmente em relação às regulamentações de criptomoedas.

Secretária do Tesouro dos EUA clama por regulamentação das stablecoins até o final de 2022

No podcast, Sam Bankman-Fried diz que “é eminentemente possível” que ele exceda os US$215 milhões doados nas eleições presidenciais de 2020, quando foi um dos maiores financiadores da campanha do atual presidente dos EUA, Joe Biden. O bilionário acredita que provavelmente dará até US$ 1 bilhão.

Suponho que seja mais de $100 milhões, quanto além disso, eu não sei. Realmente depende do que acontecer, de quem está concorrendo e do que estão defendendo. Mas acredito que US$ 1 bilhão seja possível, não um teto fixo porque ninguém sabe o que vai acontecer entre agora e as eleições.

O motivo pode se repetir, o bilionário deseja continuar evitando que o ex-presidente Donald Trump seja eleito novamente.

Leia também:

Passfolio