O ETH, criptomoeda da plataforma Ethereum e segundo maior criptoativo do mercado, chegou ao patamar de R$7.600,00 ou US$1400,00 por unidade, se unindo ao seleto clube de moedas que bateram sua máxima histórica em 2020/2021.

No início do mês, a criptomoeda passou por uma correção de cerca de 17%, saindo dos US$1280 até próximo aos US$1050. A alta se iniciou no dia 12 de janeiro e se estende até o dia de hoje, com um crescimento semanal de 29,40%. 

Em comparação com as 10 maiores criptomoedas do mercado, o ETH só teve crescimento semanal inferior a Polkadot (102%), Cardano (34%) e Chainlink (49%). 

Muitas criptomoedas alternativas ao bitcoin tiveram um bom desempenho nos últimos dias. O investidor bilionário Raoul Pal, afirmou que está adicionando ETH ao seu portfólio e que a próxima parada são as altcoins de alto risco.


Quer ganhar Bitcoins?
A gente te ajuda nisso.
Abra uma conta grátis!


 

“Aliás, a ETH subiu 60% nos primeiros 14 dias do ano. Acho que supera o ano todo, mas ainda tenho muito mais BTC, mas tenho adicionado ao ETH. A próxima parada será alts de alto risco … mas muito, muito, muito menor. Mais risco = tamanho menor.”

Ethereum 2.0

Um dos motivos para a grande valorização do ETH pode ser a tão aguardada atualização para o Ethereum 2.0, que promete trazer maior escalabilidade para a rede de smart contracts e aplicativos descentralizados. Muitos investidores podem estar interessados no potencial de valorização da criptomoeda com a nova atualização. 

Outros ainda, podem estar de olho na “mineração” proof of stake do ETH, onde será possível travar os seus ativos para receber dividendos provenientes do novo algoritmo de mineração.

Qual a sua perspectiva para o ETH em 2020? Deixe a sua opinião na seção de comentários abaixo.

Leia mais: Bloco 666.666 do Bitcoin trouxe uma mensagem curiosa


BitPreço, o maior marketplace da América Latina. Compare os preços das principais exchanges do Brasil e mundo, e compre Bitcoin, Ethereum e USDT pelo melhor preço sempre.

Crie sua conta grátis agora!