As eleições em 2018, são um grande tema para o Brasil e mais ainda para os Estados Unidos. As chamadas “midterm elections” vão decidir como será o andamento do governo de Donald Trump.

Um novo player vai entrar nesse cenário eleitoral dos Estados Unidos, estamos falando de uma das maiores exchanges do mundo das criptomoeda. Veja qual.

Criação de Comitês?

O repórter político Colin Wilhelm revelou no seu Twitter que uma das maiores exchanges do mundo criou um Comitê de Ação Política, em inglês PAC. Fato que foi confirmado pela Comissão Eleitoral Federal (FEC em inglês).

Esses PACs foram criados depois do escândalo de Watergate, como uma forma de pequenos atores juntarem recursos para influenciarem a política norte-americana. Por lá (USA), é possível fazer lobby, ou seja, influenciar políticos financiando suas campanhas.

A exchange criadora desse Comitê é a Coinbase, a maior do mercado norte-americano, movimentando nas últimas 24 horas mais de 146 milhões de dólares.

Eleições 2018 – Republicanos x Democratas ou terceira via?

Para muitos comentaristas esse é um passo importante para o mercado, pois seria uma forma de barrar regulamentações draconianas, abusos do setor bancário ou até mesmo a proibição do uso de criptomoedas.

Tais abusos são comuns em países de terceiro mundo, como Índia, China e os conhecidos bloqueios de bancos brasileiros a exchanges de bitcoin ou pessoas que negociam nesse mercado.

https://cointimes.com.br/india-nao-deve-banir-criptos/

Os investidores institucionais com certeza viram nesse passo da Coinbase uma grande avanço para o mercado de criptomoedas. É uma forma de mostrar maturidade e visão a longo prazo.

Em outros círculos esse passo não foi bem visto, como é caso de alguns libertários que criticaram tal ação. Mas o fato é, as eleições podem influenciar o mercado de criptomoedas, dá uma olhada em como:

https://cointimes.com.br/como-eleicoes-podem-afetar-preco-bitcoin-no-brasil/

Quais candidatos eles vão apoiar? Essa pergunta é extremamente complicada de ser respondida, entretanto sabemos que o Partido Republicano e suas alas pró-livre mercado, além do tradicional Partido Libertário (geralmente o terceiro nas disputas eleitorais) são grandes opções.

Talvez o futuro candidato John McAfee, que já arrecadou mais de 390 mil dólares em doações seja um dos candidatos apoiados pela Coinbase futuramente. Veja mais sobre essa história no Minuto Cointimes #9:

https://cointimes.com.br/videos/minuto-cointimes-9-fmi-eos-mcafee-e-etf-de-bitcoin/

Seria uma boa ideia ter algum candidato defendendo o uso livre das criptomoedas no país? E sobre o uso de criptomoedas por candidatos, você acha isso algo positivo?  Deixe seu comentário.

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br