Dois elevado a duzentos e cinquenta e seis (2²⁵⁶). Essa é a quantidade de chaves privadas possíveis na rede Bitcoin, mas o que isso significa para a segurança da sua carteira?

O título deste artigo não se trata de uma hipérbole, existem mais possibilidades de chaves privadas de Bitcoin do que grãos de areia na Terra. Ou, em outras palavras, é mais fácil você encontrar um grão de areia específico no mundo do que descobrir a chave da minha carteira e furtar meus bitcoins.

Quantos grãos de areia existem no mundo?

Areia
Grãos de areia. Foto: Unsplash.

Obviamente não teremos uma resposta exata para isso, mas é possível estimar a ordem de grandeza desse número.

De acordo com uma estimativa publicada no “Estado da Arte“, existem cerca de dez elevado a vinte e três (10²³) grãos de areia na Terra. O cálculo para estimar essa ordem de grandeza vem da suposição de que todas as costas do mundo estejam cercadas por praias de 100 metros de largura e 10 metros de profundidade.

Levando em conta que estimam que há cerca de 1.000.000 de quilômetros de comprimento total de costas no mundo, isso resultaria em um volume de areia sobre o planeta de mil bilhões de metros cúbicos. Considerando uma média de tamanho de grãos de 0,2 milímetros, temos 100 bilhões de grãos de areia por metro cúbico.

As contas chegaram ao resultado informado acima. Mas passar por toda essa conta é interessante para te dar uma noção de realmente o quão grande é esse número.

Agora imagine um número 1000000000000000000000000000000000000000000000000000000 vezes maior (esse número contém 54 zeros após o 1).

Quantas chaves privadas são possíveis na rede Bitcoin

bitcoin chaves privadas
Chaves e Bitcoin. Foto: Unsplash

Criar uma carteira de Bitcoin é apenas gerar uma chave privada associada a uma chave pública, que por sua vez pode gerar endereços de recebimento. Mas gerar uma chave privada é simplesmente escolher uma dentre 2²⁵⁶ (que também pode ser escrito como ​​10⁷⁷) possíveis escolhas e passar a utilizá-la.

Mas, diferente do que a maioria das pessoas possa pensar, não é como escolher um grão de areia e colocar no bolso. É como escolher um grão de areia e jogar de volta na praia. Teoricamente qualquer um pode encontrar a mesma chave privada que você utiliza.

Nada impede que um agente mal intencionado caminhe pela “praia do Bitcoin” e saia caçando grãos de areia que sejam associados a uma carteira com saldo. É isso que chamamos de ataque de força bruta.

Mas qual a chance de um ataque de força bruta ser bem sucedido? Extremamente baixa. É praticamente impossível que um atacante tenha sucesso em achar a sua chave privada, e a explicação para isso é esse gigante número de possibilidades.

De acordo com cálculos já compartilhados anteriormente no Cointimes, um computador precisaria de 200.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000 anos para quebrar uma chave privada na força bruta.

Esse ataque possui um custo de trezentos e quarenta octo decilhões de reais. Aliás, esqueça grãos de areia, é mais fácil procurar um átomo em uma galáxia do que encontrar a chave privada de uma carteira de Bitcoin.

Mas, como diz um ditado popular, uma corda sempre arrebenta do lado mais fraco. Não adianta se encantar com toda essa segurança e ficar vulnerável a um ataque de $5 dólares. Conheça o ataque de $5 que pode sumir com seus bitcoins para sempre clicando aqui.

Veja também:

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br