Em entrevista ao Planet Money, o presidente do FED regional de Minneapolis afirmou que o Banco Central está funcionando via home office.

Parece que o medo do coronavírus chegou até mesmo nos responsáveis pela criação de políticas monetárias, os poderosos presidentes do FED.

O FED funcionando no porão

O Federal Reserve de Minneapolis é um dos 12 bancos que formam o Banco Central dos Estados Unidos (FED), como explicamos no texto “O dólar é uma fraude?“.

Segundo entrevista para a NPR Planet Money Neel Kashkari, presidente regional do FED, afirmou que está trabalhando “no porão de casa“.

Ao que o entrevistador retrucou:

“Você tem um escritório aí? Você está rodando o FED regional em um local remoto?

Ao que Neel respondeu:

Exatamente. O nosso banco todo está trabalhando de casa, começando essa semana”

Neel Kashkari – O homem que ajudou a criar o Bitcoin

Neel Kashkari é um conhecido banqueiro dos Estados Unidos . Ele também é lembrado por comandar as ações do FED na última recessão, principalmente pelos planos de resgate dos bancos (bailout) e grandes empresas.

O resgate foi controverso, pois ele em última instância dava dinheiro dos pagadores de impostos para as mesmas instituições que causaram a crise de 2008.

Seguindo o FED, outros bancos centrais começaram fazer o resgate dos bancos, um deles foi o Banco Central do Reino Unido. Este bailout em específico marcou a criação do Bitcoin, pois ele está no bloco gênesis da criptomoeda:

The Times 03/Jan/2009 Chancellor on brink of second bailout for banks

The Times Bitcoin genesis block

Bailout para todos e o erro do FED em 2008

Na entrevista para o Planet Money, Neel afirma que em 2008 o FED errou e que agora isso não deve acontecer. Ele diz que na época o Banco Central demorou para resgatar a economia e que as ações deveriam ter sido bem maiores.

“Há dois erros que fizemos na última crise financeira e que eu espero não repetir dessa vez…

Nós fomos muito lentos e tímidos. ” – Afirmou Neel.

Neel Kashkari acredita que os trilhões de dólares injetados na economia são benéficos, ele também afirma que o resgate deve ser para todos:

“Os legisladores dessa vez devem focar em ajudar o máximo possível de negócios e trabalhadores e não tentar focar em quem precisa ou merece”

Por isso, ele apoia a distribuição de dinheiro diretamente ao público, uma pauta que em breve pode passar no Congresso dos Estados Unidos e dar US$ 1000,00 para cada norte-americano.

Ouça a entrevista do presidente do FED completa: