A Foxbit, uma das maiores corretoras de criptomoedas do Brasil, ganhou mais um prêmio importante –  principalmente para o setor de criptomoedas.

De acordo com levantamento da Virtuous Company que analisou 1871 organizações e se baseou em 376.767 avaliações de funcionários de diversas empresas entre janeiro de 2015 e dezembro de 2019, a Foxbit é a 4° empresa mais ética do mercado financeiro brasileiro.

A metodologia considerou os seguintes critérios:

Confiança Organizacional: item que avalia o ambiente organizacional do ponto de vista de confiança, segurança e exalta como as pessoas estão se sentindo confortáveis em trabalhar em uma instituição confiável e que também mostra confiança nas pessoas;

Liderança ética: item que avalia a justiça, que ilustra a preocupação com as pessoas e que garante a integridade das pessoas e times;

Orientação para o bem comum: esse ponto avalia que a empresa não tem uma cultura egoísta e que dá liberdade para os colaboradores, tratando-os como membros importantes e transformadores da empresa;

Empatia: essa característica analisou como os colaboradores adotam a postura de se colocar no lugar dos outros;

Liberdade para falar: “as pessoas têm voz”. Eles se manifestam, podem falar sem medo, perguntam, questionam e contribuem para decisões. Também corrigem comportamentos antiéticos. Tem segurança psicológica para trabalhar.

Um dos lemas da Foxbit, que é mostrado em quadros na empresa é “ética não se negocia”. Com essa regra, a Foxbit superou Nubank, Easynvest e Itaú no ranking geral de cultura ética.

Foxbit luta contra pirâmides desde a sua fundação

Em um mercado infestado de pirâmides e fraudes, a Foxbit sempre foi destaque por sua luta contra golpes e pirâmides financeiras.  

Fundada em 2014, a corretora de criptomoedas é uma das maiores do Brasil e conta com diversos ativos digitais, como como Bitcoin, Ripple, Ethereum, Litecoin e TrueUSD.

“É muito importante para nós da Foxbit estar entre as melhores fintechs e entre a melhor exchange mais ética do Brasil. Aqui damos voz e liberdade para todos e buscamos sempre trazer um ambiente organizado e confortável para as pessoas exercerem o seu melhor sempre” revela João Canhada, CEO da Foxbit.