Passfolio

A empresa de jogos GameStop (GME) mostrou resultados positivos, com as vendas aumentando em 8% para US$ 1,38 bilhão no primeiro trimestre após focar em criptomoedas e NFTs.

A GameStop foi notoriamente alvo de naked shorts por grandes fundos de hedge no início de 2021, mas foi salva por investidores de varejo que se reuniram no fórum WallStreetBets no Reddit.

Desde então, a empresa chegou a ser considerada uma “ação meme” e focou seus esforços em inovar de alguma forma para reverter o seu cenário financeiro. Os tokens não fungíveis (NFTs) e a aceitação de criptomoedas como forma de pagamento melhoraram suas vendas.

Os resultados da empresa foram divulgados na quarta-feira (1) e revelam que, apesar das expectativas de vendas terem sido superadas, a GameStop ainda dá prejuízo – US$ 157,9 milhões neste período, o dobro do trimestre anterior.

Passfolio

Porém, o aumento do prejuízo não foi o suficiente para que os investidores percam as esperanças na empresa de jogos, que viu suas ações subirem 6% nesta quinta-feira, acumulando alta de 10% nos últimos 5 dias.

Conforme publicamos anteriormente, a GameStop está com planos de lançar um marketplace de NFTs em conjunto com a Loopring (LRC). O mero anúncio ajudou a criptomoeda a decolar em 72%.

Ryan Cohen, CEO da GameStop há cerca de um ano, é um dos responsáveis pela mudança de direção da empresa em direção às criptomoedas. A GameStop chegou a lançar uma carteira digital para que os usuários possam utilizar suas criptomoedas e NFTs sem sair do navegador.

Mas qual a sua opinião sobre a GME? A empresa conseguirá sair do vermelho e voltar a dar lucro com as suas integrações com criptoativos? Deixe seu comentário abaixo.

Se você quiser comprar ações americanas de forma fácil e rápida, crie sua conta na Passfolio e comece a investir o quanto antes.

Leia outras matérias:

Passfolio