O ativista de esquerda e humorista Gregório Duvivier chamou o Bitcoin de conto do vigário e os cariocas de “peso morto”.

Duvivier é um dos fundadores do canal Porta dos Fundos, ele também apresenta um show na HBO e escreve uma coluna semanal na Folha de São Paulo. Além desses trabalhos, o humorista se dedica ao ativismo político em defesa de pautas de esquerda. 

Gregório é um carioca que nasceu e viveu no Leblon, uma das áreas mais nobres do país e cujo preço do metro quadrado gira em torno de R$21.400. Em sua coluna semanal publicada nesta terça-feira, o humorista critica a corrupção endêmica no Rio de Janeiro e coloca a culpa no carioca.

Para ele, a malandragem do carioca é terra fértil para golpistas e dentre esses golpes estaria o bitcoin.

“Só quem se acha mais esperto que os outros entra num esquema de pirâmide. O carioca, por excesso de malandragem, cai em qualquer conto, do jogo do bicho à bitcoin”

afirmou Gregório

Ele conclui que o carioca é um “peso morto” para o país: 

“A transformação do Rio em cidade-estado livraria o resto do país do peso morto de milhões de moradores que puseram o país no maior esquema de pirâmide jamais visto” 

Bitcoin é pirâmide ou conto?

O Bitcoin e as criptomoedas são novidades no mercado financeiro mundial. Lançada em 2009, a criptomoeda revolucionou o mundo e já teve apoio de grandes empresários, políticos, cientistas e até de governos.

Leia também: CEO da Tesla, Elon Musk, comenta sobre o futuro do Bitcoin

Contudo, os criptoativos são muito usados em golpes pela falta de conhecimento da população sobre o tema. Aparentemente, Gregório é um desses desinformados e confunde o bitcoin com golpes aplicados com a criptomoeda. Seria como dizer que o real é um conto do vigário, pois é a moeda mais usada por ladrões de todas as classes sociais no Brasil. 

Mas, no fundo, Duvivier não parece ser contra pirâmides. 

Apoia pirâmide e foi condenado pela Justiça?

Apesar de se mostrar contra esquemas de pirâmide ele apoia a maior pirâmide do país, o INSS.

Sim, o INSS é um esquema de pirâmide no qual os mais jovens pagam pela aposentadoria dos mais velhos.  No texto “INSS: se você tem menos de 40, esqueça se aposentar por ele”, mostramos a verdade sobre o INSS.

Mas não para por aí. Segundo o G1,  o humorista também foi condenado pela Justiça do Rio por danos morais, após desejar a morte do “véio da Havan” (Luciano Hang) no Twitter.

“to tisti alguem mata o véio da havan”, afirmou Duvivier em um tweet que foi apagado por ordem judicial.

O humorista também é conhecido por apoiar ex-presidiários condenados pela Justiça em três instâncias por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

O carioca do Leblon é tão malandro, que acredita no Duvivier.