O número de mineradores que preferem não se identificar aumentou tanto na rede Bitcoin quanto na rede Bitcoin Cash.

Em 30 de dezembro, os dados mostram que quase 70% do hashrate da rede Bitcoin Cash está vindo de mineradores misteriosos. Esse número causou novas discussões na comunidade.

Leia também:
++ Burger King começa a aceitar Bitcoin Cash na Eslovênia
++ Vídeo que mostra vulnerabilidade do Bitcoin é censurado do Reddit, assista
++ Comerciantes deixam de aceitar Bitcoin após vídeo de gasto duplo se tornar viral

Pools de mineração conhecidos não são maioria no Bitcoin Cash

Na segunda-feira, uma postagem no fórum do Reddit r/btc explicou que “o hash não confiável é de quase 70%”.

Quando um pool de mineração conhecido encontra um bloco, na base de moedas geralmente há uma mensagem que identifica quem encontrou o bloco.

No entanto, em 2019, a rede teve um aumento significativo dos mineradores misteriosos. Em janeiro, dois relatórios de pesquisa notaram a tendência crescente de mineradores desconhecidos, como Coin Metrics e Diar, e ambos publicaram sobre o assunto.

Naquela época, o relatório da Diar dizia que mineradores desconhecidos poderiam ser “preocupantes”, mas só porque o mineiro não divulga sua identidade, isso não significa que o hash não é de um pool conhecido.

A Coin Metrics escreveu que a empresa também notou um ressurgimento de mineradores misteriosos durante o início de 2019.

Distribuição do hash rate do Bitcoin Cash
Pools de mineração que encontraram os blocos das últimas 24h. 68% dos blocos foram minerados por mineradores que não se identificaram.

Algumas semanas antes da atualização do Bitcoin Cash que ocorreu em 15 de novembro, os proponentes do BCH descobriram que 44% do hashrate do BCH foi processado por mineradores desconhecidos.

Na época, os especuladores assumiram que o hash furtivo pertencia a aproximadamente 3-4 grupos diferentes.

O motivo da teoria é que existem mensagens únicas na base de moedas do bloco para cada entidade mineradora desconhecida.

Hoje, existem algumas mensagens de base de moedas que lêem: “d B ^ // bf Oe? D 5F” e outro pool usa esta mensagem: “^ // KFy {Ʊ! +.” Além de dicas como as diferentes mensagens de base de moedas, não sabe-se realmente quem está por trás do hashrate desconhecido do BCH.

Durante a discussão no r/btc, algumas pessoas tiveram problemas em chamar os mineiros desconhecidos de “não confiáveis”. “‘Hash não confiável’ … não é assim que deve ser?”, perguntou uma pessoa que deixou um citação do white paper de Satoshi que dizia:

“Propomos um sistema para transações eletrônicas sem necessidade de confiança.”

mineradoras de bitcoin

Os mineradores furtivos não são confiáveis?

O usuário do Reddit apelidado de ‘Lovelyday’, apoiador do BCH que escreveu o post original, respondeu à crítica por usar o termo “não confiável”.

“Claro, a situação ‘ideal’ seria se todos os mineradores fossem desconhecidos e os bitcoins fossem tão valiosos que haveria incentivo absoluto para a maioria do hash para proteger o Bitcoin que observa o modelo econômico estabelecido no white paper”, disse ele.

“Comparando com onde estamos hoje… estamos um pouco distantes, com precedentes históricos para o poder de hash tentando realmente destruir o Bitcoin Cash – foi por isso que usei o termo ‘não confiável’ como um termo geral para o hashrate não identificado que é maior que 50% – Não podemos confiar neles, nem deveríamos”, acrescentou o Redditor.

Lovelyday afirmou ainda:

“Devemos confiar no hashrate identificado? Provavelmente não muito mais, mas pelo menos podemos comparar suas ações com as intenções declaradas e responsabilizá-las trocando para pools que agem da maneira que preferimos.”