Conheça o Move to Earn, esta nova modalidade de aplicativos baseados em blockchain e economia digital que prometem ajudar com a promessa de ano novo sobre começar a correr e/ou caminhar todos os dias.

O que é Move-To-Earn?

Quem nunca fez aquela famosa promessa no final de ano, de que iria começar uma rotina de exercícios em janeiro com o objetivo de ficar mais saudável? E quem nunca percebeu, alguns poucos meses após janeiro, que a “rotina” durou bem pouco, indo por água abaixo sufocada por todas as outras rotinas do nosso dia-a-dia?

Acredito que a grande maioria das pessoas acabou caindo na mesma armadilha e sabemos o quão frustrante isso pode ser.

De acordo com uma pesquisa realizada em 2020 pelo Departamento de Psicologia da Universidade de Estocolmo, de todas as promessas de ano novo, 53% são relacionadas à saúde física ou perda de peso, que acabam se relacionando com corridas e caminhadas diárias.

Passfolio
gráfico de barras com as promessas de ano novo em inglês, com saúde física e perda de peso cada uma com 33% e 20% respectivamente.
Fonte: https://journals.plos.org/plosone/article?id=10.1371/journal.pone.0234097

De acordo com outro estudo publicado pelo The Wall Street Journal, 88% das pessoas que realizam estas promessas, acabam abandonando a nova atividade até fevereiro (no segundo mês do ano).

É por esta razão que, muitas vezes, ter uma motivação extra para iniciar e manter a constância em uma nova atividade (seja ela qual for) pode ser de grande ajuda. A possibilidade de que esta motivação seja financeira é ainda mais forte e acredito que é por isso que a ideia do Move-to-Earn parece tão atrativa.

Imagine só… Sair de casa para fazer algo que você já precisa fazer, como comprar pão, um remédio, passear com o cachorro, brincar com os filhos no parque ou simplesmente cumprir sua cota de exercícios diários para uma vida mais saudável; e ainda ganhar dinheiro por isso? Até parece bom demais para ser verdade.

O conceito de move-to-earn surgiu após o grande sucesso do play-to-earn que abriu novos horizontes para o universo gamer, oferecendo a possibilidade de jogadores do mundo todo ganharem dinheiro com um simples hobby que eles já amavam fazer.

Aplicativos move-to-earn em alta

A categoria ainda é bastante nova, mas já vem ganhando os holofotes na grande mídia, com opiniões diversas sobre o assunto.

O projeto líder, que também foi o pioneiro, é o aplicativo STEPN, autodenominado como um “Aplicativo de lifestyle em Web3”

E seu token, GMT, que foi lançado através de IDO em março de 2022, ganhou relevância ao passar por uma valorização de cerca de 41.685% desde sua listagem na Binance, ocupando atualmente a posição número #73 no ranking por capitalização de mercado, segundo o Coingolive.

O protocolo do Stepn, foi construído sobre a blockchain da Solana (SOL) e envolve também a compra e venda de Tokens Não-Fungíveis (NFTs) de pares de sneakers.

GMT é o token de governança do protocolo, enquanto o token utilizado para recompensar os usuários é o GST, que possui um supply ilimitado e atualmente ocupa a posição acima de #700 no ranking.

Se quiser saber mais sobre o Stepn, funcionalidades e economia, confira esta série de vídeos produzida pelo Vinicius Bitnoob em seu canal do youtube.

Sweatcoin (SWEAT)

Após o sucesso do projeto pioneiro, o aplicativo de monitoramento de rota, caminhada e corrida, Sweat (suor em inglês), seguiu o exemplo entrando para o universo do Move-to-Earn, que paga ao usuário em Sweatcoin de acordo com seu desempenho.

Sweatcoin é uma moeda off-chain com funcionalidade apenas dentro do aplicativo Sweat.

Um sistema de pontos interativo que recompensa o usuário de acordo com a quantidade de passos que ele dá no mundo real, com o apoio de uma tecnologia – de acordo com a empresa – muito avançada em reconhecimento de passos.

Em um primeiro momento a Sweatcoin não possui nenhum valor financeiro.

Ela é distribuída gratuitamente em um sistema sem escassez garantida e só possui utilidade dentro do aplicativo, não sendo possível usá-la fora deste ambiente, já que faz parte de um banco de dados permissionado e centralizado, como qualquer sistema digital de pontos da Web 2.0.

A proposta econômica por parte da equipe é criar um novo token chamado SWEAT, construído sobre a blockchain Near através de contratos inteligentes, para expandir o universo em uma rede descentralizada com possibilidade de ser negociado no mercado de criptomoedas.

É importante entender que a sweatcoin no aplicativo não possui nenhum valor financeiro real e os “pontos” de cada usuário não podem ser auditados de forma transparente como ocorre em blockchains públicas e não-permissionadas.

Tudo depende da honestidade da equipe e da capacidade desta equipe de cumprir com as promessas realizadas.

A equipe irá distribuir SWEAT de acordo com a pontuação de cada “corredor” dentro do aplicativo e, a princípio, SWEAT tampouco possui algum valor financeiro.

O valor financeiro de um ativo, vem com sua demanda e o preço é definido de acordo com a relação desta demanda sobre a oferta disponível deste ativo no mercado e não encontrei informação sobre a oferta financeira total de SWEAT, apenas porcentagens de distribuição, sem quantidade pré-determinada.

Distribuição

Um total de 70% de todos os tokens emitidos ficarão nas mãos da empresa ou de investidores iniciais de rodadas privadas. 30% serão distribuídos através do airdrop com base nas Sweatcoins ganhas através do modelo de Move-To-Earn

Também não temos nenhuma informação sobre quanto dessa quantidade de sweatcoin foi adquirida nos primeiros dias de uso do aplicativo, ou por quem.

Demanda

Voltando ao assunto “demanda”, também tenho dificuldade em entender qual será a utilidade do token além de recompensar os usuários do aplicativo (que não se trata de demanda, mas de oferta).

Qual a proposta? O que o token pretende solucionar? Como podemos utilizar estes tokens adquiridos para gerar algum tipo de valor? Quem iria comprar este token de um usuário e por quê alguém iria querer comprá-los? Se ninguém quiser comprar, existe algum outro motivo, além de vender, pelo qual alguém queira receber SWEAT?

Todas estas são perguntas muito importantes que devem ser feitas por aqueles que pensam em investir dinheiro ou tempo no aplicativo.

No whitepaper a equipe diz que o token poderá ser utilizado em um sistema DeFi e trocado através de exchanges descentralizadas, além de participar de uma Organização Autônoma Descentralizada (DAO) que será criada no futuro e governada pelos detentores do ativo.

O usuário do aplicativo poderá gastar SWEAT para algumas funcionalidades internas, mas todos os tokens usados serão recebidos e geridos pela própria equipe.

Além disso, também existe um mecanismo de penalização para os “corredores” que não mantiverem seu ritmo de caminhada, perdendo tokens com a inatividade.

A equipe diz que esta ferramenta tem a intenção de motivar a continuidade da experiência e também criar um modelo deflacionário sobre o token, mas que pune apenas o usuário comum, enquanto concentra o restante do ativo nos cofres da empresa.

Esta concentração de riqueza intencional e gradual faz com que o token se torne mais escasso às custas do usuário. Em um modelo de DAO (proposto pela equipe), aqueles que conseguem concentrar uma grande quantidade de ativos, graças à mecânica desenvolvida, garantem a governança sobre a plataforma, além de maiores recompensas dentro do ecossistema DeFi.

Conclusão

O conceito de move-to-earn parece ser bastante promissor, pelos motivos explicados no início do texto, mas todos os entusiastas devem ter um cuidado especial com modelos econômicos cujos incentivos estão direcionados em centralizar o supply disponível e cuja demanda não está clara ou bem definida.

O conceito de demanda é complexo, já que o valor é subjetivo e, onde uma pessoa não consegue enxergar demanda, talvez outra consiga. Cada um precisa decidir por si mesmo se a proposta de utilidade faz, ou não, sentido.

Devemos aprender com casos passados, principalmente com muitos jogos play-to-earn que fizeram sucesso ou que falharam e entender os fatores que causaram os resultados positivos e também os negativos.

Saiba mais: Jogo CCAR com 30 mil jogadores brasileiros e um provável Rug Pull

Da forma como está apresentado o projeto, acredito que todos aqueles que querem uma motivação para começar sua rotina de exercícios podem aproveitar o Sweat e acumular pontos no aplicativo, trocando pelos tokens.

Investidores devem ter cautela em um primeiro momento e estudar mais a fundo a proposta do projeto. Compreendendo a dinâmica de oferta e demanda por trás dessa economia e tirando suas próprias conclusões.

O que acha do #MoveToEarn? Está usando? Compartilhe sua opinião e experiência nas redes sociais!

Instagram | Telegram | Twitter | Facebook

Leia mais:

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br