Algumas mulheres foram ameaçadas com facas e roubadas por uma gangue de 4 africanos em Dubai ao se encontrarem para fechar uma negociação de quase meio milhão de reais em Bitcoin (BTC). O Tribunal Criminal de Dubai condenou os quatro homens a um ano de prisão, multa e deportação após cumprimento da pena.

Os detalhes do caso remontam a quando os condenados atraíram as vítimas (três mulheres) para um acordo falso para vender bitcoin pessoalmente.

No início de agosto passado, três mulheres apresentaram uma queixa afirmando que haviam sido submetidas a roubo com faca por africanos.

Uma das vítimas disse nas investigações que um homem lhe ofereceu a compra de criptomoeda por 300 mil dirham dos Emirados Árabes Unidos, a moeda local do país, e ela aceitou a oferta e concordou em se encontrar em Al Nahda, Dubai.

Ela afirmou que chegou ao local especificado na hora correta acompanhada por duas amigas.

Depois de esperar alguns minutos em um carro de uma delas, as mulheres foram surpreendidas por quatro pessoas ameaçando-as com facas, ordenando que entregassem o dinheiro que trouxeram para a negociação de bitcoin.

Os bandidos conseguiram arrebatar uma bolsa contendo os 300.000 Dhs, além de outra contendo mais 63.000 Dhs, outros itens valiosos e seus passaportes também. Totalizando cerca de 500 mil reais em prejuízo.

Como as autoridades chegaram aos criminosos

O motorista de uma das três mulheres afirmou em seu depoimento que estava esperando dentro de um dos veículos das mulheres após chegarem ao local, onde ouviu gritos e viu dois africanos ameaçando as três mulheres, roubando bolsas e objetos e fugindo do local em outro veículo.

O motorista conseguiu anotar a placa do veículo em que fugiu.

Uma equipe de investigação conseguiu identificar um dos suspeitos, pois sua foto foi mostrada às vítimas, que o reconheceram.

Ele foi preso e admitiu sua presença na cena do crime a pedido de um de seus amigos que pediu para deixá-lo na área de Al Nahda para concluir uma “negociação de bitcoin”.

Eles foram ao mesmo local no horário especificado, pois cometeram o crime e conseguiram roubar o valor do negócio falso, acrescentou.

Ele também informou a polícia sobre a localização de seus parceiros, então outros dois foram presos, e encaminhados ao Tribunal, onde foram condenados a um ano de prisão com multa igual ao dinheiro roubado, além de deportação após cumprir a pena.

Leitura recomendada:

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br