Os tokens não fungíveis (NFTs) estão prontos para se tornarem mais interativos, de acordo com uma empresa que está trabalhando para criar versões “inteligentes” deles.

A Alethea AI, cujo lema é “dê superpoderes aos seus NFTs”, permite aos usuários incorporarem recursos de animação, interação e síntese de voz em NFTs, “dando vida” aos NFTs.

Mesmo com a grande competição atual nesse mercado, a Alethea já teve algum sucesso nas comercial, ao consolidar a venda de um NFT inteligente, ou iNFT, por US$ 478.000,00 em junho, através da Sotheby’s.

O padrão iNFT foi criado pela empresa, que despertou o interesse de alguns grandes nomes do mercado.

Recentemente, a Alethea fechou uma venda estratégica e restrita no valor de US$ 16 milhões, onde os principais compradores foram a Metapurse (cujo principal financiador pagou $ 69,3 milhões pelo “Everydays: the First 5,000 Days” da Beeple, no início deste ano) e a Crypto.com Capital. 

Outros compradores estratégicos incluem Mark Cuban, Multicoin, Alameda, Dapper Labs, Galaxy Interactive e Gemini Frontier Fund, de acordo com um comunicado da empresa.

Por que investidores estão atentos a esse mercado?

A demanda por NFTs não para de subir. De acordo com relatório da Glassnode, o OpenSea, marketplace de NFTs, já ultrapassou a marca de 1 bilhão de dólares negociados apenas em agosto, e estima-se que ele poderá chegar a US$ 2 bilhões até o final desse mês.

Por óbvio, os investidores no geral buscam produtos e inovações que geram interesse de grandes parcelas dos mercados, ou de nichos específicos (bem concentrados).

Com esse novo formato de artigo digital sendo muito utilizado em jogos, como Axie Infinity (onde os próprios personagens são NFTs), o crescimento do mercado de NFTs tem sido desenfreado. 

No mundo dos apaixonados por games e artigos digitais, os NFTs são a “bola da vez”.

Além das usabilidades que podem possuir, os NFTs possuem algumas características que os tornam especiais, e que podem diferenciá-los de investimentos tradicionais. Um exemplo disso é o certificado de propriedade digital inviolável, que garante a autenticidade e a escassez de um objeto no mundo virtual.

Futuro dos NFTs

“A Alethea AI conseguiu combinar avatares com tecnologia de inteligência artificial, que são protegidos na cadeia como NFTs. O resultado não apenas é divertido, mas é a base para um nível de interatividade que avançará rapidamente usando as tecnologias da Alethea.”

Em comentário por e-mail, o CEO Arif Khan afirmou que a Alethea utilizará os lucros das vendas para manter e atualizar os serviços atuais e o lançamento de protocolo em domínio público.

“Embora os NFTs continuem sendo estimulantes para os colecionadores, sempre tento investir no que ainda está por vir”, disse Mark Cuban. 

Projetos potenciais com sua tecnologia podem incluir dar a um cryptopunk a capacidade de participar de uma batalha de rap digital, criando personagens de jogos interativos ou formulando aplicativos de chatbot interativos em tempo real.

Os NFTs cresceram em popularidade neste ano, impulsionados pelo sucesso das criptomoedas, com criadores atraídos por um formato que permite acesso direto a potenciais compradores em todo o mundo, e clientes achando atraente a posse de obras que possam gostar ou buscar colecionar. 

O total acumulado de vendas concluídas em sete dias foi de US$ 164,5 milhões em 18 de agosto, em comparação com cerca de US$ 2,2 milhões no final do ano passado, de acordo com dados da Nonfungible.com.

Leia mais notícias:

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br