A todos os leitores do Cointimes, sejam bem-vindos! Hoje, vamos mostrar um Guia para os Iniciantes no mundo de bitcoins, com as melhores páginas e matérias que um iniciante pode encontrar na Internet, para aprender os básicos sobre Bitcoin e começar no enorme mercado da criptoeconomia.

Gostou? Então mostra para seus amigos, para eles pararem de ter medo e começarem a aprender sobre a mais nova forma de interagir na economia do mundo, totalmente digital e independente! Aqui, os tópicos serão:

Como essa tecnologia funciona?

Para os que são completamente leigos no assunto, aqui vai uma breve explicação: os bitcoins não são nada mais, nada menos que moedas inteiramente digitais, algo que gosto de ver como uma “evolução do dinheiro convencional”.

Com isso, você deve estar se perguntando “Mas e quais as vantagens disso?”. Para te responder, é bem simples: por ser descentralizado, o Bitcoin funciona de forma independente de bancos e governos.

O Bitcoin não necessita de um banco central, ou seja, você está no controle sobre o que vai acontecer com suas próprias moedas. 

Ele pode ser encarado como a moeda da internet, um dinheiro livre e aceito mundialmente, ou seja, você pode convertê-los para a moeda que desejar, quando precisar.

Então, se você quiser entender mais a fundo, pode consultar nossa matéria O que é Bitcoin? Qual a cotação e como funciona, do grande Isac Honorato, além de poder checar o preço do Bitcoin ao vivo por lá.

O que é a cadeia de blocos?

Em primeiro lugar, precisamos entender o que é isso. A cadeia de blocos (blockchain) é a estrutura da rede do Bitcoin, resistente à fraudes, criação de moedas falsas e furto de moedas, por exemplo.

O Blockchain é, basicamente, uma grande “corrente de bancos de dados” que guarda transações, e ela está compartilhada entre TODOS os computadores conectados à rede.

Graças ao sistema “peer-to-peer”, o Blockchain se torna altamente custoso de ser adulterado, pois, assim como uma rede neural de Inteligência Artificial, o Blockchain fica cada vez mais seguro, na medida que mais computadores participam. 

Erros de transação como valores errados em uma compra não podem ser desfeitos, já que são registrados para todos os usuários em uma corrente que cresce constantemente.

Essa explicação foi, claramente, menos da metade do que você pode aprender sobre as cadeias de blocos. Quer aprender um pouco mais? Então veja nossa outra matéria do “O que é Blockchain e como funciona essa tecnologia?”.

E então, o que é essa “Mineração de Bitcoins”?

*Por ser um assunto bem complexo, vamos deixar essa parte bem mais simplificada. Caso queira se aprofundar, acesse os hiperlinks abaixo.

A Mineração de Bitcoins é um processo simples de se entender: o computador que for minerar irá realizar, automaticamente, inúmeras equações que servem para validar e “fortalecer” a segurança da rede.

Essas equações servem para achar o desafio que dá direito ao minerador escrever o bloco e ganhar uma recompensa em bitcoin pelo trabalho feito.

É certo que muitos estavam loucos para entrar na onda da mineração no início do Bitcoin: você oferece seu computador, energia e tempo, e é recompensado com moedas.

Conforme mais mineradores entram no jogo, maior fica a competição pelas mesmas moedas, pois, visando não causar inflação excessiva, o criador do Bitcoin definiu regras que determinam qual será a emissão das moedas.

Por isso, muitos decidiram procurar por outros métodos de se lucrar com bitcoin.

Ok, mas onde eu guardo meus bitcoins, “sem Bancos e nem Carteiras”?

De repente, você tem criptomoedas e não sabe onde manter elas seguras. E agora? Não dá pra proteger em um cofre na sua gaveta de meias, o que fazer?

Eventualmente, quando você precisar guardar dinheiro, sempre tem que achar um lugar seguro. E, no caso das Criptomoedas, é muito mais simples do que você pensa: tudo que você precisa ter é uma Carteira de Bitcoin!

Nesse caso, existem diversos tipos de carteira para diversos tipos de usuário: tem Carteira de Papel, Carteiras de Mobile (Smartphones e outros portáteis), Carteiras para Desktop (PCs e Notebooks), e as Hardware Wallets, que são parecidas com um “pen-drive”.

Cada uma tem seus pontos fortes e fracos, como conversão entre Bitcoins e Altcoins, níveis de segurança e outras ferramentas. Quer saber mais sobre isso e descobrir as melhores Carteiras? Veja nossa matéria sobre as Melhores Carteiras para Bitcoins!

E se você estiver preocupado com a sua segurança, fica tranquilo! Assim como os sistemas de “Autenticação de Dois Fatores“, as carteiras costumam gerar palavras-chave aleatórias para cada conta que combinadas com uma boa senha tornam quase impossíveis de serem invadida por hackers mal-intencionados.

Tô precisando comprar/vender, onde eu faço isso?

Calma, que a gente também ensina! Em um vídeo super simples do Isac, mostramos como você pode comprar (e vender) Bitcoins usando a Foxbit* em apenas 5 minutos!

Se quiser ler mais um pouquinho sobre onde comprar e vender Bitcoins em outros sites, veja aqui também!

*E, a propósito, parabéns a Foxbit por conseguir o selo RA1000 do ReclameAqui, sendo a primeira Exchange do Brasil a recebê-lo!

Mas o que é essa tal “Exchange” aí?

As Exchanges, também popularmente chamadas de Corretoras, são as empresas que praticamente realizam o “câmbio” do seu dinheiro real, físico e tangível, para as tão valiosas Criptomoedas (cada uma com sua taxa e conversão únicas).

É bom acrescentar que existem muitas exchanges diferentes pelo mundo, cada uma com suas funções e focos específicos, mais ou menos assim como bancos normais funcionam.

Então, fizemos outra lista das 4 Melhores Exchanges do Mundo, para você ficar ligado e já correr atrás da compra das suas próprias moedas.

Existem mais Criptomoedas além do Bitcoin? O que são as Altcoins?

Sim! Caso você não saiba, existem várias moedas alternativas que circulam o enorme mercado criptoeconômico do mundo.

Moedas como Monero, Ethereum, Litecoin, Binancecoin e até mesmo Dogecoin são apenas algumas das “Alternative Coins” que vivem nesse ecossistema enorme.

Muitas delas possuem características próprias; algumas fazem transações mais rápidas, outras procuram ter mais privacidade, enfim, o que não falta é alternativa nesse mercado (1600+).

Nós também fizemos, na metade do ano passado, um relatório sobre as Melhores Altcoins do Momento. Vai lá ver!

Ainda não sei o que “X” palavra significa, me ajudem!

Calma! Nós pensamos nisso também!

Para aqueles que não conseguem decorar as centenas de termos na Criptoeconomia, temos um enorme Glossário Bitcoin com todas as palavras que você precisa saber.

Assim, dá pra impressionar todo mundo na hora de puxar conversa, e ainda falar como um profissional! (Mesmo que esses sejam só seus primeiros passos…)

Ufa! Acabou?

Se você chegou até aqui, parabéns! Teve muita coragem pra ler tudo isso (a não ser que só tenha pulado o textão).

E caso você precise, sempre pode voltar aqui para checar o nosso enorme guia para iniciantes em Bitcoins!

Qualquer dúvida, deixa no nosso grupo no Facebook que sempre tem muita gente para te ajudar!