Uma boa notícia para investidores de criptomoedas que buscam refúgio em meio à recente queda nos preços das moedas.

Após algumas quedas no mercado de criptomoedas, e preocupados com a cobrança de imposto sobre prejuízo com Bitcoin, os investidores passaram a prestar mais atenção em uma outra modalidade de investimento parecida com a renda fixa negociada em bolsas tradicionais. 

O staking é o produto financeiro menos compreendido, mas mais quente, do mundo dos ativos digitais, porém, suas recompensas foram tão lucrativas que mais de 70% de todos os tokens emitidos em muitas redes foram travadas em staking no final do ano passado, de acordo com Staking Rewards. 

“O staking de Ethereum pode ser uma das maiores mudanças nas criptomoedas que vimos em muito tempo.”

O staking tem crescido em parte por causa do aspecto baseado em incentivos da criptomoeda, onde várias novas moedas e blockchains estão competindo por validadores, prometendo retornos anuais estratosféricos na forma de novas moedas.

As recompensas foram tão lucrativas que mais de 70% de todos os tokens emitidos em muitas redes – Solana, Binance Smart Chain e Cardano, entre elas – foram travados em staking no final do ano passado, de acordo com o pesquisador de criptomoedas Messari e o rastreador Staking Rewards.

Leia Mais: Renda fixa em criptomoedas paga 4 vezes mais que a Selic 

Esse trade-off está sendo percebido pelos investidores desde que a Ethereum anunciou sua atualização no protocolo de consenso da rede. 

De acordo com a Messari, “se a “fusão” do Ethereum 2.0 (Eth2) para PoS fosse finalizada hoje, as cadeias baseadas em PoS seriam responsáveis ​​por 44% da capitalização de mercado de Layer 1 (primeira camada). Se ignorarmos o Bitcoin desse cálculo, as cadeias de PoS aumentariam para uma participação de 91%”.

Staking ou renda fixa das criptomoedas
Redes PoS ganham dominância em capitalização de mercado em 2021 – Fonte: Messari

Acho que vai de 8% (do Ether sendo colocado em stake) para 80% muito rapidamente”, disse Tim Ogilvie, executivo-chefe da Staked, uma unidade da exchange de criptomoedas Kraken.

“Vai acontecer em um ou dois anos. O staking de Ethereum pode ser uma das maiores mudanças nas criptomoedas que vimos em muito tempo.”

No quarto trimestre, 7,7% de todas as moedas que compõem o universo cripto (~US$ 2 trilhões) foram travadas em staking, o que significa um crescimento de 1,8% no mesmo período do ano passado, de acordo com a Kraken.

Conheça a renda fixa das criptomoedas

O que é staking

Das diferentes maneiras de obter rendimento em criptoativos, o staking é geralmente visto como menos arriscado do que algumas outras estratégias DeFi, como o yield farming.

Vale lembrar, de início, que as novas blockchains que oferecem recompensas impressionantes geralmente são opções mais arriscadas pois correm o risco de não atrair volume suficiente de transações e tornar as moedas recompensadas sem valor. 

Aprofunde-se no tema em: Roubo bilionário na Wormhole pode ter criado bolha DeFi na Solana

Mas assim como investidores tradicionais investem em títulos do tesouro direto para empatar com a inflação, os investidores de criptomoedas que mantêm suas estratégias a longo prazo podem considerar investir em staking em busca de rendimentos que empatam com a inflação das criptomoedas. 

Em blockchains de prova de participação (PoS), os estoques de moedas ajudam a rede a solicitar transações, e esses estoques recebem novos tokens que a rede emite como recompensa pelo trabalho.

Tokens travados em staking (referindo-se a tradução do inglês staked tokens) são depositados em uma conta de garantia. 

Consequência do aumento de staking no mercado de criptomoedas é que menos tokens estarão circulando nos protocolos DeFi. As moedas apostadas normalmente levam semanas para serem retiradas das carteiras digitais em que estão bloqueadas e, atualmente, o Ether cadeado não pode ser retirado. Isso pode contribuir potencialmente para o aumento da volatilidade do mercado.

No caso, se você estiver investindo em um staking de um token que está valorizando ao longo do tempo, as vantagens se multiplicam. Pois o investidor estará recebendo um rendimento fixo, mais o retorno sobre a valorização subjacente da moeda.

Algumas blockchains que oferecem recompensas:

Ethereum (em breve)

O Beacon da Ethereum foi lançado em dezembro de 2020, e seu uso disparou no ano passado, para US$ 29 bilhões investidos atualmente – a maior quantia de qualquer cadeia, de acordo com o rastreador de dados beaconcha.in. Como incentivo adicional, houve a concessão de mais moedas como recompensa aos primeiros apostadores.

Antes mesmo da atualização da rede Ethereum o Cointimes já estava desmistificando retornos de staking: Leia

Solana 

A Solana usa de um sistema de Proof-of-Stake delegado, ou seja, qualquer dono do token SOL pode delegar sua criptomoeda para um validador e potencialmente ganhar recompensas. 

Como resultado, a rede consegue processar até 50 mil transações por segundo e transmitir teoricamente 1 giga por segundo,

A Solana tem sido a rede favorita das instituições. Contudo, como nós já relatamos por diversas vezes, a rede já sofreu ataques que prejudicam a estabilidade da rede.    

Leia Mais: Fantom ultrapassou Avalanche e Solana em TVL

Axie Infinity 

O AXS, ou Axie Infinity Shards, representa o símbolo de governança do Universo Axie. Seus titulares podem reivindicar recompensas jogando, fazendo staking e participando de certos votos de governança.

O Axie lançou seu programa de staking no final de setembro de 2021. O retorno anual (APY) estava inicialmente em torno de 400%. No entanto, à medida que mais AXS foram bloqueados, o APY diminuiu e atualmente está em torno de 190%. 

Como fazer staking de AXS – Guia passo a passo

Quer ganhar Bitcoin enquanto joga no celular? Inscreva-se no Coingoback Play

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br