Recentemente a empresa Midas Trend, que se dizia de marketing multi nível, encerrou suas atividades no Brasil, deixando de pagar a maioria dos clientes.

No entanto, a Midas não parou por aí, ela apenas migrou do país para atuar fora com o nome de Midas Internacional, sem especificar em que países iria atuar ou onde seria sua sede.

Posteriormente em um áudio, o criador da empresa afirmou que iria para o Canadá, pois lá, em suas próprias palavras “não há burocracia, é tudo liberado”.

Porém um site especializado em pirâmides financeiras, o BehindMLM, fez uma análise da empresa e do seu modelo de negócios.

Notícias recomendadas:
++ Onecoin fora do ar enquanto pirâmide de R$ 16 bilhões quebra
++ Mercado Bitcoin chama ex-panicat Carol Dias para falar de Bitcoin
++ Investidor da Unick Forex “comete suicídio” em Extremoz

Midas Trend funciona ao modelo Ponzi, diz site

A publicação já começa criticando o fato do site não mostrar explicitamente quem são está no comando do negócio. O que é um alerta grave quando se pensa em investimentos fraudulentos.

Quanto aos produtos, a Midas não possui nenhum produto ou serviço disponível para os clientes venderem, os afiliados só podem comercializar a própria afiliação da Midas Trend.

Sobre os bots, o anúncio da empresa é o seguinte,

  • Bot 1 – invista R$ 130 e receba R$ 380
  • Bot 2 – invista R$ 380 e receba R$ 800
  • Bot 3 – invista R$ 800 e receba R$ 1300
  • Bot 4 – invista R$ 1300 e receba R$ 3000
  • Bot 5 – invista R$ 3000 e receba R$ 8000
  • Bot 6 – invista R$ 8.000 e receba R$ 80.000

O BehindMLM nota que o esquema não fornece uma linha do tempo para a conclusão do retorno. O que é estranho, pois é uma promessa pouco clara.

As comissões residuais dos fundos investidos são pagas através de estruturas de remuneração binária e matriz 5×6.

Remuneração binária e em matriz

Uma estrutura de remuneração binária coloca um afiliado no topo de uma equipe binária, dividida em dois lados (esquerdo e direito):

modelo de pirâmide midas trend
Recompensas binárias da empresa

O primeiro nível da equipe binária abriga duas posições. O segundo nível da equipe binária é gerado dividindo essas duas primeiras posições em outras duas posições cada (4 posições).

Os níveis subsequentes da equipe binária são gerados conforme necessário, com cada novo nível abrigando o dobro de posições que o nível anterior.

As posições na equipe binária são preenchidas por meio de recrutamento direto e indireto de afiliados. Observe que não há limite para a profundidade de uma equipe binária.

No final de cada dia, o MidasTrend registra um novo volume de investimentos em ambos os lados da equipe binária.

Os afiliados recebem 10% dos fundos investidos no lado mais fraco da equipe binária.

Uma vez pagos, os fundos são combinados com o lado mais forte e liberados. O volume restante no lado mais forte da equipe binária é transferido.

Já uma matriz 5×6 coloca um afiliado da Midas Trend no topo de uma matriz, com cinco posições diretamente abaixo delas:

pagamento em matriz
A cada level, muito mais investidores são necessários.

Essas cinco posições formam o primeiro nível da matriz. O segundo nível da matriz é gerado dividindo essas cinco posições em outras cinco posições cada (25 posições).

Os níveis de três a seis da matriz são gerados da mesma maneira, com cada novo nível abrigando cinco vezes mais posições que o nível anterior.

As posições na matriz são preenchidas por meio do recrutamento de afiliadas da empresa.

Cada afiliado da Midas deve pagar uma taxa mensal de R$ 24,90. A Midas Trend cobra essa taxa e a utiliza para pagar comissões em posições de matriz preenchidas da seguinte maneira:

  • R$ 0,50 por posição preenchida no nível 1 (5 posições)
  • R$ 1 por posição preenchida no nível 2 (25 posições)
  • R$ 1,50 por posição preenchida no nível 3 (125 posições)
  • R$ 2 por posição preenchida no nível 4 (625 posições)
  • R$ 2 por posição preenchida no nível 5 (3125 posições)
  • R$ 3 por posição preenchida no nível 6 (15.625 posições)

As comissões residuais da matriz são pagas mensalmente, enquanto os afiliados da matriz continuarem a pagar sua taxa mensal de R$ 24,90.

A afiliação à Midas Trend custa R$ 24,90 por mês.

A participação total na oportunidade de renda anexa requer um investimento adicional de R$ 130 a R$ 8000.

Conclusão completa da análise

O BotMidas é supostamente um bot comercial, construído com “tecnologia asiática de ponta”, embora o que o BotMidas supostamente negocie não seja divulgado.

De qualquer forma, não há evidências de que o BotMidas realmente exista.

Também não há evidências de que a Midas Trend use a receita do BotMidas ou qualquer outra fonte externa de receita para pagar os afiliados.

Além disso, sendo uma oportunidade de investimento passivo, a oportunidade da Midas Trend constitui uma oferta de valores mobiliários.

Os títulos no Brasil são regulamentados pela CVM. A Midas Trend não fornece evidências de que tenha se registrado na CVM.

Assim, no mínimo, a Midas Trend está cometendo fraude de valores mobiliários em seu maior mercado investidor.

Uma preocupação mais imediata dos investidores em potencial é que a única fonte de receita verificável da Midas Trends é o novo investimento.

O uso de novos investimentos para pagar um retorno às afiliadas existentes torna o Midas Trend um esquema Ponzi.

Como em todos os esquemas MMN estilo Ponzi, uma vez que o recrutamento de afiliados diminua, também haverá redução da receita.

Isso deixará a Midas Trend com fome de novas entradas de dinheiro, eventualmente causando um colapso.

A matemática por trás dos esquemas Ponzi garante que, quando eles entram em colapso, a maioria dos investidores perde dinheiro.

Caso Midas Trend

Os investidores esperam a mais de 4 meses para receber o dinheiro de volta, e a situação não parece melhorar nem um pouco. O presidente da Midas já descumpriu várias promessas de pagamento.

A última promessa foi de que até 31 de dezembro de 2019 os investidores teriam o dinheiro de volta, mas isso não ocorreu.

Geralmente a justificativa foi culpar os bancos, que supostamente estavam boicotando a empresa e dificultando a movimentação de grandes valores. Mas a Urpay, solução de pagamentos, também já levou a culpa por ter “atrapalhado” os saques da Midas.

Conversamos com um dos clientes que contou as dificuldades para tentar sacar seu dinheiro, e ele agora aguarda os 90 dias para receber. Ele comentou,

“Eu investi ao todo 1200 reais, então meu lucro no bot seria ao todo 200 reais por mês. Deu mais ou menos isso realmente, só que eu não vi nenhum desse dinheiro.”

“O dinheiro tá todo lá na plataforma preso… bom, pelo menos eles cumpriram com a porcentagem.” brincou ele, sem muita esperança de receber de volta os valores.

Enquanto isso, a empresa é investigada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), suspeita de operar uma pirâmide financeira.