O bilionário por trás da Microsoft, Bill Gates, mantém uma aposta bilionária contra as ações da Tesla, de acordo com Elon Musk.

No Twitter, o atual homem mais rico do mundo (posição que por muito tempo foi ocupada por Bill Gates) revelou a aposta contrária a Tesla: 

Para Musk, Gates alega lutar contra o aquecimento global mas aposta contra a Tesla, que fabrica carros elétricos. De acordo com o Elon Musk, a posição em short de Gates começou com US$ 500 milhões, mas aumentou para uma aposta multi-bilionária quando as ações da Tesla (TSLA) subiram muito.

Em uma entrevista à CNBC, Gates disse que não comenta sobre seus investimentos pessoais, mas não negou a afirmação de Musk. Em troca de mensagens entre os bilionários, cujo vazamento foi confirmado como real por Musk, Gates admite ter a posição em short contra a Tesla e se desculpa por não tê-la fechado.

Na troca de mensagens, Bill Gates queria a ajuda de Elon Musk em projetos filantrópicos relacionados ao aquecimento global, mas Musk desconsidera a seriedade de Gates neste tópico se ele aposta contra a sua empresa de carros elétricos. “A empresa está fazendo muito para resolver o aquecimento global”, conclui Musk.

Musk não recebeu a notícia tão bem, e zombou de Gates no Twitter, sugerindo que o emoji de “grávido” representasse a barriga do bilionário, além de chamá-lo de “brochante”:

Tesla deve cair ou Bill Gates está errado?

Mas, por que Bill Gates está apostando parte da sua fortuna na queda da Tesla? Como ele não fala sobre seus investimentos pessoais, é difícil responder essa pergunta com precisão, mas o short em Tesla é uma posição relativamente comum.

Por conta do lucro não tão alto proveniente da venda de carros elétricos (principal produto da Tesla), o seu valuation é considerado esticado por muitos investidores de valor, os chamados value investors, cuja grande parte da influência vem de Warren Buffett, que é próximo de Bill Gates.

Até mesmo Elon Musk já opinou que o preço das ações da Tesla pareciam estar altas demais. E isso aconteceu em 1 de maio de 2020, quando a cotação ainda era uma fração do que é hoje.

Para brincar com o fato de que vários investidores apostam contra a empresa em posições de short, a Tesla chegou a lançar shorts. O produto custava US$ 69.420 e tinha “S3XY” escrito na parte traseira.

No entanto, a empresa continua impressionando e mostrando resultados positivos na bolsa de valores. Possivelmente, isso se dá como uma aposta dos investidores no futuro da empresa, que é vista com bons olhos pelas criações inovadoras.

Além disso, a própria pauta ESG, de sustentabilidade e preocupações ambientais, alimenta o lucro da Tesla com o mercado de crédito de carbono, que inclusive traz mais retorno financeiro do que a venda dos seus carros.

Vale lembrar também que, neste sentido, a Tesla foi uma das pioneiras em adotar o bitcoin (BTC) como uma alternativa para compor o caixa da empresa. Um movimento corajoso para uma das maiores companhias do S&P500.

De 2020 para cá, a TSLA já subiu mais de 470%, mas tem sofrido com a correção de mercado que várias empresas estão sentindo na bolsa de valores. De 1 de janeiro até 1 de junho deste ano, a Tesla caiu 37,7%.

Mas qual a sua opinião sobre as ações da Tesla e a aposta contrária de Bill Gates? Deixe um comentário abaixo. Não esqueça que você pode começar a investir em ações americanas com a Passfolio, basta clicar aqui para criar a sua conta.

Veja também: