Mesmo com a recente queda nos preços das criptomoedas, principalmente puxadas para baixo pelo Bitcoin (BTC), que foi de US$ 67 mil para US$ 40.000, a maior parte dos analistas de criptomoedas estão otimistas com o futuro.

gráfico de preço do btc
Queda de 37,9% desde o pico de preço do BTC. Fonte: TradingView.

Para o bitcoin atingir uma nova alta histórica, o BTC precisaria subir cerca de 60%. Mas afinal, por que há tanta certeza de que as criptomoedas vão se recuperar depois de tanto impacto causado pelos ursos?

Foi isso que questionou um usuário do Reddit em um dos principais fóruns do mercado de criptomoedas, o r/cryptocurrency, que conta com 4,4 milhões de membros. Veja as melhores respostas após o web story abaixo.

Os fundamentos não mudaram

A principal resposta, com 6 mil curtidas, afirma que nada fundamentalmente mudou em relação às criptomoedas, tecnologia blockchain ou a ideia de descentralização. Tudo que nós vimos de diferente nos preços foram eventos macroeconômicos que afetam os preços no curto prazo.

Eventos como o banimento da mineração na China, guerra civil no Cazaquistão (o segundo maior país em mineração de bitcoin) e os Estados Unidos lidando com a inflação aumentando as taxas de juros afetaram o preço, “mas a visão, confiança e integridade do mercado cripto está intacta.”, sugeriu o usuário de pseudônimo Kilv3r.

Em relação aos fundamentos, outro entusiasta foi mais longe em dizer que as criptomoedas eram a evolução do dinheiro, indo ao encontro de outras pessoas que comentaram que simplesmente “não dá para desinventar o Bitcoin”.

“Nossos cérebros de macaco fundamentalmente veem as coisas como obstáculos ou ferramentas para nos dar uma vantagem ao encontrar um obstáculo. A moeda está na categoria de ferramenta como um espaço reservado para o valor.

À medida que a tecnologia melhora, nossas ferramentas também. Usamos muitas moedas diferentes como espécie humana, e a moeda geralmente acompanha nossa tecnologia em relação à geografia que a usa. Comida, flores, ossos, machados de mão, conchas, pedras, moedas de metal, papel, plástico, criptomoeda.

Todos eles melhoram lentamente os detentores de posições anteriores para valor em relação às circunstâncias em mudança. É a progressão evolutiva natural, a menos que nossa tecnologia tenha atingido o pico e nossa espécie tenha atingido o pico.

Talvez, mas estou otimista em cripto e viagens espaciais porque tudo parece apontar nessa direção. A direção do impossível hoje é a nova norma na próxima semana.”

Dados recentes mostram que investidores estão otimistas

Além da análise fundamentalista, amplamente difundida na comunidade cripto, alguns dados mais específicos também reforçam o otimismo geral na recuperação do bitcoin.

A Glassnode, firma de análise on-chain, relatou recentemente que cerca de 30% da oferta circulante das moedas estariam no prejuízo, indicando um suporte importante. Observando historicamente, esse nível de baixa lucratividade geralmente ocorre nos estágios posteriores das tendências de baixa.

Apesar da pressão dos ursos, o saldo de bitcoins das exchanges vem caindo significativamente, o que demonstra otimismo dos investidores.

Saldo de bitcoin nas exchanges. Fonte: Glassnode
Saldo de bitcoin nas exchanges. Fonte: Glassnode

Sabendo que a quantidade de bitcoin nas corretoras está caindo, mas observando que o saldo de baleias de bitcoin (carteiras com mais de 100.000 BTC) está aumentando, a comunidade enxerga mais um motivo para alta.

Saldo de bitcoin dos endereços com mais de 100 mil moedas. Fonte: Glassnode.
Saldo de bitcoin dos endereços com mais de 100 mil moedas. Fonte: Glassnode.

Por fim, uma análise recente da Santiment confirma o sentimento de mercado em direção à recuperação do mercado. E não é pela ganância, pois o mercado apresenta “Medo Extremo” já há algumas semanas, mas por diminuição da euforia.

“A relação risco/recompensa parece cada vez melhor. O hype acabou, então os investidores provavelmente poderiam considerar começar a entrar em suas posições.”, escreveram os analistas da empresa de dados.

Embora os últimos dados compartilhados refiram-se somente ao Bitcoin, criptomoedas alternativas costumam ter forte correlação com o BTC. No entanto, vale lembrar que alguns analistas como Mike McGlone, da Bloomberg, acreditam que a recuperação não abrangerá o mercado inteiro.

Por isso é importante sempre fazer a sua própria pesquisa para tirar suas próprias conclusões em relação aos criptoativos, não baseie uma decisão de investimento em informações de poucas fontes.

Mas qual a sua opinião em relação ao assunto? Criptomoedas vieram para ficar e a queda de preços não passa de um evento de curto prazo ou estamos vendo um declínio das criptomoedas e sua adoção? Deixe um comentário abaixo.

Leia mais:

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br