O principal mantenedor do Bitcoin Core, Wladimir van der Laan, decidiu assumir “ainda mais” uma “função de segundo plano” para aumentar a descentralização do projeto, de acordo com uma nova postagem do desenvolvedor.

Bitcoin Core é o principal software que sustenta a rede Bitcoin. Embora o trabalho de van der Laan seja principalmente de “zeladoria” por natureza, garantindo que o código do projeto prossiga funcionando sem problemas, alguns na comunidade o veem como uma espécie de líder. Como disse van der Laan, ele se tornou uma espécie de “gargalo centralizado”.

Seu anúncio foi feito após se encontrar em meio a uma polêmica na quinta-feira. Muitos bitcoiners não gostaram da sua decisão de remover o white paper do bitcoincore.org, após ameaças legais de Craig Wright. Mas van der Laan afirma que esta decisão de se retirar do Core é algo que ele vem pensando há algum tempo.

“Vou começar delegando minhas próprias tarefas e diminuindo meu envolvimento. Não pretendo parar de contribuir para o Bitcoin, ou mesmo para o projeto Bitcoin Core, mas gostaria de me retirar do caminho crítico e assumir (ainda mais) um papel secundário”, escreveu.

Descentralizando o desenvolvimento do Bitcoin Core

Ele acredita que essa medida ajudará a descentralizar o projeto, uma moeda digital que não deveria ter líderes. “Uma coisa é clara: este é um projeto sério agora e precisamos começar a levar a descentralização a sério”, escreveu van der Laan.

Sua decisão é parte de um esforço muito maior para descentralizar ainda mais o projeto. Por exemplo, 2020 viu uma onda de empresas de Bitcoin distribuindo concessões para desenvolvedores que trabalham no protocolo subjacente em tempo integral.

A exchange OKCoin, por exemplo, está financiando Marco Falke, que é o mantenedor mais ativo por trás de van der Laan em termos de commits – mudanças de código que foram adicionadas com sucesso ao projeto. A popular bolsa Coinbase agora oferece suporte a dois desenvolvedores também, depois de receber muitos pedidos da comunidade para fazê-lo. Várias outras empresas se juntaram a eles na distribuição de doações no ano passado.

O contribuidor do Bitcoin Core, John Newbery, lançou a Brink, uma organização sem fins lucrativos, para orientar e financiar mais desenvolvedores também, em um esforço para envolver ainda mais contribuidores, principalmente de origens diversas.

Na verdade, van der Laan observa em seu post que ele não é mais o mantenedor mais ativo, já que vários outros se juntaram a eles ao longo dos anos.

Além disso, ele descreve outras ideias para descentralizar o projeto. Por exemplo, Bitcoincore.org é um dos principais sites onde os usuários podem baixar novas versões do código Bitcoin Core. Mas é uma propriedade privada e centralizada. Ele sugere transferi-lo para uma organização.

“Bitcoin é bastante diferente em alguns dos requisitos aqui de outros projetos [de software livre e de código aberto], então teremos que desenvolver algumas ferramentas conforme avançamos”, escreveu van der Laan. “Nós também poderíamos, definitivamente, usar alguma ajuda aqui.”

Ele pediu a outros desenvolvedores que assumissem seu lugar como líder da reunião semanal de desenvolvimento Bitcoin Core, onde os desenvolvedores discutem as próximas etapas urgentes.

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br