A razão entre a quantidade de bitcoins e a de stablecoins voltou a cair, indicando um possível momento bullish.

“O Índice de Oferta de Stablecoin (SSR) do BTC vem diminuindo em 2021 à medida que mais stablecoins são cunhadas. Quando o SSR é baixo, isso significa que há uma grande oferta de stablecoins em relação ao BTC, o que indica mais poder de compra pronto para fluir em BTC e outros ativos.” afirmou relatório da empresa de análise Glassnode.

Além disso, o relatório também notou que essas novas moedas são enviadas para as exchanges, o que significa alta liquidez para compras rápidas de bitcoin e outros criptoativos. 

O aumento no número de moedas estáveis digitais surge com o crescimento da USDC, moeda lastreada em dólar da fintech britânica Circle.  

O número de USDC nas bolsas aumentou mais de 112% apenas em janeiro, passando de US$ 431 milhões para mais de US$ 915 milhões. Isso representa quase US$ 1 bilhão em poder de compra somente da USDC, prestes a se mover para ativos como o BTC.”, mostrou o relatório.

A escolha pela USDC indica a entrada de investidores institucionais, visto que a TetherUSD – stablecoin concorrente e líder do mercado –  tem sérios problemas de transparência e enfrenta um processo legal perigoso.  Sendo a Coinmetrics, pela primeira vez na história, o Tether cai abaixo de 75% de dominância no mercado de moedas estáveis digitais.

dominância das stablecoins

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br