O Grupo Elektra, rede varejista de produtos eletrodomésticos e móveis fundada em 1957, em breve dará ao Bitcoin uma grande adoção no México. 

De acordo com um anúncio feito no Twitter pelo proprietário Ricardo Salinas Pliego, a corporação mexicana de varejo e banco dará o suporte para a rede Bitcoin Lightning, possibilitando a oferta de pagamentos digitais em blockchain para os seus clientes.

O bilionário diz que o novo recurso de pagamento chegará às lojas da Electra “muito em breve”.

O objetivo da Lightning Network é facilitar transações em canais de pagamentos antes de finalmente estabelece-las na blockchain do Bitcoin. 

Leia também: Lightning Network registra seu maior aumento de capacidade de rede na história

Desde que foi criada, a Lightning Network foi considerada a “promessa do ano” para resolver os problemas de escalabilidade do Bitcoin, pois sem a necessidade de confirmar cada transação no blockchain, inúmeras transações poderiam ser realizadas na LN sem congestionar a rede.

Salinas e seus satoshis  

Salinas Pliego, a terceira pessoa mais rica do México com um patrimônio líquido estimado em US$ 15,4 bilhões, tem sido um defensor ferrenho do Bitcoin por um bom tempo.

Conforme relatado por U.Today, o empresário tweetou recentemente que seu Banco Azteca logo se tornaria o primeiro credor mexicano a começar a aceitar Bitcoin.

Salinas, considerado o terceiro homem mais rico do México com uma fortuna familiar estimada em US$ 15,8 bilhões pela Forbes, é o dono do grande Banco Azteca.

Além disso, ele é o fundador e presidente do Grupo Salinas, um conglomerado corporativo mexicano que abrange a rede de televisão e rádio TV Azteca, o varejista de eletrônicos de consumo Grupo Elektra, o clube de futebol Mazatlan FC e o Banco Azteca.

De acordo com o Bloomberg Billionaires Index, a fortuna de Salinas aumentou US$ 2,8 bilhões este ano, saltando para US$ 15,8 bilhões.

Em novembro, ele fez um anúncio sobre colocar 10% de seu portfólio em Bitcoin (BTC).

Aqui está um vídeo do terceiro homem mais rico do México explicando por que ele acredita que todas as moedas fiduciárias são uma fraude e ele quer manter bitcoin nos próximos 30 anos.

Leia mais:

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br