Em entrevista à CNBC, canal de TV dos Estados Unidos, a senadora Elizabeth Warren comparou o Bitcoin com drogas ao falar sobre a regulamentação do mercado de criptomoedas.

O jornalista da CNBC começou perguntando à senadora sobre como regular a indústria, mas também, quando regular a indústria, já que estamos só nos primeiros momentos dessa tecnologia. Ainda perguntou à senadora, quanto de regulação deveria ser imposta nas criptomoedas, fazendo a comparação com o surgimento da internet.

“Nós deveríamos ter regulado a internet mais ou não nos anos 1990?”, perguntou?

A senadora então sugeriu que olhássemos esse mercado da mesma maneira que o mercado de drogas, que hoje é regulado pelo FDA (Food and Drugs Administration). Ela argumentou que após o surgimento destas instituições reguladoras, o mercado como um todo cresceu e beneficiou seus participantes. 

A senadora diz que não vai esperar até que todos os pequenos investidores sejam completamente varridos do mercado. “Eu penso que as regras que estão lá desde o início para as pessoas seguirem dão a elas mais confiança e ainda dão um aviso aos agentes mal intencionados: Alguém está olhando o que você está fazendo. Nós não podemos mais empurrar fraudes para as pessoas”. 

Ontem (27), a senadora Elizabeth Warren participou de uma audiência pública com o tema “Criptomoedas: Elas são boas para quê?”. Na ocasião, ela reafirmou sua posição contrária ao Bitcoin dizendo que “em vez de bancos ruins, [as criptomoedas] colocam o controle nas mãos de desenvolvedores obscuros”.

Veja também:

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br