Coingoback

O diretor financeiro do Twitter, Ned Segal, disse que a rede social está avaliando a possibilidade de colocar bitcoin em seu balanço patrimonial. Além disso, o executivo disse que o Twitter está explorando a possibilidade pagar funcionários e fornecedores caso eles solicitarem o pagamento na criptomoeda.

Parece que a compra de US$1,5 bilhão em bitcoin pela Tesla mudou o jogo, com vários meios de comunicação importantes perguntando a outras empresas sobre suas opiniões e possível envolvimento com o criptoativo.

O CFO do Twitter, Ned Segal, foi o último a receber tal pergunta durante uma aparição no Squawk Box da CNBC. Ele comentou que a plataforma de mídia social está “observando de perto” o que outras empresas fazem para aprender com seus movimentos, e a compra de BTC pela Tesla não passou despercebida.

Segal observou que o Twitter está explorando as possibilidades de colocar a criptomoeda primária em seu balanço, mas apenas se houver demanda para o pagamento de funcionários e fornecedores:

Quando pensamos em nosso balanço patrimonial, pensamos em como ele é investido e a moeda em que é investido em relação a como podemos pagar às pessoas. Fizemos muitas reflexões iniciais para considerar como poderíamos pagar aos funcionários se eles pedissem para ser pagos em bitcoin ou como pagamos ao fornecedor se eles pedissem para ser pagos em bitcoin e se precisamos ter bitcoin em nosso saldo caso isso aconteça.

O CEO do Twitter já é bitcoiner

O CEO do Twitter Jack Dorsey é um entusiasta do Bitcoin, e a decisão final da empresa deve passar pelo seu aval. 

Dorsey também é dono da Square, empresa de serviços financeiros que realizou a compra de US$50 milhões em bitcoin no ano passado. Além disso, a sua bio na rede social está escrito apenas a palavra ‘#bitcoin’.

Portanto, não seria uma surpresa muito grande se o investimento em bitcoin se concretizassem em um futuro não tão distante.

Leia mais: Binance não está informando operações de brasileiros à Receita Federal

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br