O Ministério da Transformação Digital da Ucrânia planeja legalizar o Bitcoin e outras criptomoedas para tirá-los de sua atual ‘área cinzenta’ legal. Atualmente, as criptomoedas não são proibidas no país, mas não têm status oficial. A medida faz parte dos esforços de modernização do país liderados por seu novo jovem presidente.

Um dos vice-ministros nomeados para o Ministério da Transformação Digital da Ucrânia confirmou recentemente que um dos principais objetivos da agência é legalizar criptomoedas. Ele também planeja mover seus registros de estado para uma rede baseada em blockchain.

Criptomoedas legalizadas na Ucrânia

Alexander Bornyakova disse à Liga.net que “as pessoas envolvidas em [criptomoedas] devem sair da ‘zona cinza’ e começar a pagar impostos”. Bornyakova chegou ao ponto de dizer que as autoridades ucranianas querem “ganhar na mineração” e que, a longo prazo, o estado estaria interessado em negociar criptomoedas.

Ele também disse a repórteres que o governo planeja transferir registros e documentos públicos para um sistema de contabilidade distribuído estatal.

Muitos desses esforços de modernização estão sendo liderados pelo atual Vice-Primeiro Ministro de Informação Digital, Mikhail Fedorov, 28 anos. Como ele disse recentemente ao Ukrainian Truth que deseja transformar o estado em “um serviço simples”. Deve ser “conveniente e não intrusivo… para que, quando você interaja com o estado, sinta-se à vontade, assim como quando solicitar Uber, Booking ou Airbnb.”

Ucrânia tenta se modernizar

O novo presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, ganhou uma eleição este ano e, desde então, assumiu a causa anticorrupção no país. As grandes mudanças ocorridas em todos os setores do governo fazem parte de um esforço de “modernização” no país: tornar os serviços mais eficientes e aumentar a alfabetização digital.

Parte dessa visão envolve, sem dúvida, criptomoedas. O governo anterior planejava implementar a “política de estado” relacionada a criptomoeda até 2021, mas Zelensky planeja acelerar esse processo tremendamente.

Com tantos jovens e novos funcionários no governo de Zelensky, a Ucrânia pode se tornar um importante centro de inovação em blockchain na próxima década.

Como Fedorov disse, ele deseja tornar os serviços governamentais tão eficientes quanto o Uber ou o AirBnb. Isso requer sistemas complexos e descentralizados que o governo ucraniano está aberto a adotar em relação à tecnologia blockchain.

De fato, em breve a Ucrânia poderá provar ser um estudo de caso de quão bem-sucedida essa iniciativa pode ser na reparação de um país destruído pela guerra, corrupção e infraestrutura precária.

Fonte: beincrypto.