O governo francês espera coletar 452 milhões de dólares em 2019 com um novo imposto que tem como alvo as 30 maiores companhias de tecnologia que operam no país, incluindo Google, Facebook, Amazon e Apple.

No dia 6 de março o governo francês anunciou que iria criar um imposto de 3% para as grandes empresas de tecnologia que ganham vendendo anúncios ou por meio de marketplaces digitais.

A taxa será aplicada apenas para companhias cujo faturamento anual global superar U$$ 850 milhões e ao menos 28 milhões na França.

A medida ainda será votada, mas é consenso no cenário político que ela passará no parlamento, Macron tem maioria.


Quer ganhar Bitcoins?
A gente te ajuda nisso.
Abra uma conta grátis!


 

“Uma contribuição justa”

O ministro francês das finanças Bruno Le Maire disse que justo a cobrança de impostos de companhias que fazem caminhões de dinheiro na França

“Esse gigantes usam seus dados pessoas para lucrar, sem pagar uma contribuição justa. Eles colocam seus produtos no mercado sem pagar uma taxa de valor agregado, ou até mesmo qualquer taxa. Isso é intolerável”

Como já reportamos aqui, o Facebook lucrou em 2018 16 bilhões de dólares. Só em anúncios foram arrecadados 33,8 bilhões:

A França não é a única a querer tirar uma mordida dos gordos lucros do Vale do Silício, o próprio governo da Califórnia quer criar mais impostos para as empresas de tecnologia:

No final já sabemos quem vai pagar pelo aumento de impostos, o cidadão. Os acionistas das maiores techs do mundo não querem perder dinheiro.



BitPreço, o maior marketplace da América Latina. Compare os preços das principais exchanges do Brasil e mundo, e compre Bitcoin, Ethereum e USDT pelo melhor preço sempre.

Crie sua conta grátis agora!