O mundo está mudando junto com o histórico de Warren Buffett. O lendário investidor e CEO da Berkshire Hathaway registrou seu pior ano em uma década.

Buffett, que uma vez o descreveu Bitcoin como “veneno de rato” e disse que os investidores eram “delirantes” perdeu o ativo de melhor desempenho da década. Somente em 2019 o BTC subiu 93%, embora permaneça bem abaixo da máxima histórica de quase US$ 20.000.

Leia também:
++ Metade dos especialistas acham que o Bitcoin superará o S&P 500 em 2020
++ Warren Buffett odeia o Bitcoin. E está tudo bem.

O desempenho da Berkshire Hathaway diminuiu em 2019. Enquanto o preço das ações subiu 11%, acabou ficando atrás do aumento de 29% da S&P500, terminando o ano com seus piores números em uma década.

Mesmo com um forte desempenho das ações da Apple (AAPL), sua maior participação, os retornos da Berkshire não apresentaram resultados melhores que os anos anteriores.

Isso provavelmente se deve ao fato de que Buffett não está mais investindo em novos ativos, mas apenas acumulando caixa. Sua última grande aquisição foi em 2016, quando ele ofereceu US$ 32 bilhões para comprar a Precision Castparts.

Com US$ 700 bilhões em ativos, a pilha de caixa da Berkshire agora aumentou para US$ 126 bilhões – e os acionistas estão esperando o próximo passo de Buffett para gerar lucros.

Em sua carta anual de acionistas de fevereiro de 2019, Buffett escreve:

“Nos próximos anos, esperamos transferir grande parte de nosso excesso de liquidez para negócios que a Berkshire possuirá permanentemente.

As perspectivas imediatas para isso, no entanto, não são boas: os preços são altíssimos para as empresas que possuem perspectivas decentes de longo prazo.

Essa realidade decepcionante significa que 2019 provavelmente nos verá novamente expandindo nossas participações em ações negociáveis. Continuamos, no entanto, esperando uma aquisição do tamanho de um elefante.

Mesmo com nossas idades de 88 e 95 – eu sou o jovem – essa perspectiva é o que faz meu coração e o de [vice-presidente Charlie Munger] Charlie baterem mais rápido. (Apenas escrever sobre a possibilidade de uma grande compra fez meus batimentos cardíacos dispararem.)”

Entenda melhor a estratégia de Buffett: