Pela primeira vez uma grande produtora de games está pensando em integrar a tecnologia do blockchain em seus jogos, essa é a vontade da Ubisoft.

Em semana de E3, o maior evento de games do planeta, muitas novidades são anunciadas e planos das grandes produtoras são “vazados”. E qual não foi a nossa surpresa em saber que a gigante Ubisoft está pensando em implementar a tecnologia blockchain em seus próximos games.

O jornal francês Lesechos revelou ao mundo que a Ubisoft tem um grupo secreto trabalhando com possíveis aplicações em blockchain para games. E pasmem, “as soluções estão em estado avançado de desenvolvimento”, disse uma pessoa que conhece o projeto.

Uma resposta ao Fortnite

https://cointimes.com.br/fortnite-adiciona-acidentalmente-monero/

A ideia principal é utilizar uma plataforma em blockchain para criar itens digitais e permitir a comercialização deles dentro e fora dos games. Ou seja, eles querem que você comercialize seus acessórios, armas, loots e qualquer item digital do game.

A criação do projeto teria sido uma resposta ao sucesso esmagador do game Fortinete, em 2018, ele gerou mais de 2 bilhões de dólares em receita. Tal sucesso fez com que alguns pesos pesados da indústria começassem a correr atrás do prejuízo.

“A Ubisoft não é a que mais sofre com o sucesso do Fortnite. É um jogo que atinge um público mais jovem que não é realmente o público do grupo” diz Charle-Louis Planade, analista financeiro de games da Midcap Partners.

O modelo de negócios do Fortnite é gratuito, mas com itens para serem comprados dentro do jogo, é sabido que quase metade dos 250 milhões de jogadores já compraram algum item.

A utilização do blockchain pela Ubisoft seria uma maneira de seguir a mesma ideia do Fortnite, mas com a grande vantagem de dar posse dos itens aos jogadores. Quando um blockchain é usado para guardar acessórios a flexibilidade em transacioná-lo e criar uma economia por trás do game aumenta substancialmente.

“Este é o tipo de iniciativa que aumentaria o comprometimento dos jogadores”, disse Planade.

E o título que mais casaria com o uso do blockchain é o recém revelado Watch Dogs Legion, o game AAA setado em um futuro tecnológico distópico em Londres poderia se beneficiar da tecnologia do Blockchain.

Veja a análise do novo Wacth Dogs, descrito como “muito inovador”:

Entretanto, as fontes que vazaram a informação dizem que a Ubisoft está com receio de implementar o projeto em um grande game e acabar com uma enorme falha na mão.

Oficialmente não há menções sobre qual implementação de blockchain será usada pela Ubisoft, visto que há várias soluções de mercado em desenvolvimento e já bem estabelecidas no mercado.

A favorita é a plataforma Ethereum, ela já é utilizada para vários colecionáveis no blockchain, como os CryptoKitties. Outras plataformas como a Ardor, Waves e a Ravencoin poderiam também ser usadas para o mesmo fim e com melhores resultados para os milhões de players da Ubisoft.

Será que isso vai acontecer?