• O presidente chinês Xi Jinping alertou as autoridades de que sua resposta ao surto de coronavírus já havia prejudicado a economia do país.
  • O banco central da China declara que a saúde econômica do país deve ser a prioridade.

O presidente da China, Xi Jinping, teria dito aos funcionários para reduzir seus esforços na resposta ao coronavírus ou a economia do país sofreria.

Leia também:
++ China está queimando milhares de corpos infectados pelo coronavírus?
++ Polícia chinesa fecha mineradora de Bitcoin devido ao Coronavírus
++ Evolução do coronavírus é rastreado por blockchain

Resposta ao coronavírus prejudicou a economia

A Reuters informou que Xi disse às autoridades durante uma reunião do Politburo de 3 de fevereiro que sua resposta já havia prejudicado a economia, segundo fontes da Reuters.

Duas pessoas que desejaram permanecer anônimas disseram que Xi disse a elas para “se absterem de medidas mais restritivas” ao lidar com o surto.

Isso se refere ao fechamento em larga escala de prédios, negócios e empresas – dos setores público e privado. O fechamento de fábricas, ferrovias, estradas e escolas parece já ter abalado a saúde econômica do país.

O número de mortes por coronavírus subiu para 1000 recentemente, enquanto os casos confirmados agora ultrapassam 40.000. Mas um vazamento de um bilionário chinês questionou esses números.

Um notável virologista chinês sugeriu recentemente que o surto atingirá o pico em fevereiro. Outras previsões sugeriram que o pior do vírus não será visto até maio.

Seu dinheiro ou sua vida

O vice-governador do Banco Central da China parece acreditar que a economia deve vir em primeiro lugar. Pang Gongsheng disse na sexta-feira:

“No contexto da epidemia e da pressão descendente sobre a economia, é mais importante manter o crescimento econômico”.

Agora, os burocratas da China devem equilibrar seus deveres econômicos com suas responsabilidades humanas.

A província de Zhejiang, na China, disse recentemente às autoridades locais para não restringir o acesso a necessidades básicas, como carne, legumes e laticínios.

Siga o Cointimes no Facebook para se manter por dentro de todas as notícias!