O programa MoliCoin já está sendo implementado por um plano do gabinete do prefeito de La Molina, distrito de Lima, no Peru. Essa iniciativa promove a adoção de bitcoin (BTC) e criptomoedas para pagamentos na região, dez restaurantes já aderiram.

Para o prefeito Álvaro Paz de la Barra, é importante aproximar a sociedade das criptomoedas. Ele acredita “firmemente na adoção desta nova forma de pagar por bens e serviços.” O prefeito também promete continuar promovendo ações para que o Peru seja “um dos focos de inovação na América Latina”. 

De acordo com uma declaração do gabinete do prefeito, o programa MoliCoin “dará respostas sobre como empresas podem receber pagamentos em criptomoedas, a escolha e o uso correto de uma carteira, e outros conselhos”.

O gabinete recomenda carteiras que reduzem taxas e permitem transações instantâneas. Algumas carteiras com estas características são Muun e Blue Wallet.

Adoção de criptomoedas com impacto positivo 

Jorge Reátegui Reátegui, gerente de Desenvolvimento Econômico e Investimento Privado de La Molina, afirma ver criptomoedas como “uma estratégia poderosa que pode impulsionar transações comerciais de empresas locais.”

Reátegui está convencido de que “a adoção de cripto como forma de pagamento será inevitável,” e promete “difundir ainda mais o que a tecnologia descentralizada tem a oferecer.”

El Salvador, país onde o bitcoin é moeda corrente desde setembro de 2021, está ciente da iniciativa Molinense. O embaixador Salvadorenho no Peru, Pablo Caballero, falou sobre a necessidade de um rígido controle governamental ao adotar o BTC como meio de pagamento.

Leia mais:

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br