Quem achou que o Bitcoin Cash estava morto, bom, achou errado.

Na última semana o fork do Bitcoin ganhou 140% de valorização, saindo do preço médio de 81 dólares e chegando ao topo de 198 na momento que escrevo.

O pump do Bitcoin Cash veio depois da vitória na guerra contra o Bitcoin SV, história muito bem contada no post abaixo:

https://cointimes.com.br/a-guerra-dos-tronos-do-bitcoin-cash-saiba-tudo-sobre-o-fork/

O que fez o preço subir?

Novo Website

Primeiramente, o site do Bitcoin Cash foi completamente remodelo. Agora ele está muito mais profissional e simples de ser navegado.

foi completamente remodelo. Agora ele está muito mais profissional e simples de ser navegado.

Mas claro, isso não seria suficiente para fazer o preço decolar, do contrário a morta criptomoeda NXT estaria no top 10. Um roadmap claro foi criado e lançado no novo site.

O roadmap de desenvolvimento mostra três focos principais, são eles escalabilidade, usabilidade e extensibilidade.

A equipe de desenvolvimento do quer escalar o Bitcoin Cash para ser capaz de realizar mais de 5 milhões de transações por segundo. Para se ter uma ideia, a rede Visa consegue lidar com o valor teórico de 56 mil transações por segundo.

Tornar as transações praticamente instantâneas é outro objetivo complexo a ser atingido, pelo menos sem centralização.

O último objetivo já pode ser alcançado com o pó mágico da centralização utilizando a validação de um terceiro, como explico no texto sobre a carteira GreenAddress:

https://cointimes.com.br/carteira-de-bitcoin-greenaddress-review-completo/

O final da “guerra” com o Bitcoin SV também parece ter colaborado para o mercado finalmente escolher um fork “campeão”.

O natal está sendo positivo para o Bitcoin Cash, vamos ver se essa alta é apenas um fôlego para uma queda maior ou se o ano fechará um pouco menos negativo para o Bitcoin Cash.

Imagem de capa – Figura Roger Ver, o principal proponente do Bitcoin Cash.