Passfolio

Em um dia menos volátil, o preço do bitcoin tem simplesmente permanecido na faixa de US$ 30.000, caindo 0,4% nas últimas 24 horas.

As últimas semanas foram repletas de altos e baixos para a maior criptomoeda do mercado, chegando a máxima de quase US$ 32 mil e a mínima de US$ 29,3 mil no mesmo dia (6/6).

preço semanal do bitcoin
Gráfico semanal do BTC, fonte: Coinmarketcap.

As flutuações continuaram nos dias seguintes, levando o BTC novamente para US$ 30.000. Desde então, porém, a criptomoeda permaneceu relativamente calma em torno desse nível e fica logo acima dele no momento da escrita desta matéria.

Reduzindo o zoom e observando o cenário maior, o bitcoin está caindo 49,71% nos últimos 200 dias, mas subindo 1.600% nos últimos 5 anos (em real).

preço do bitcoin, google

E, historicamente, esses períodos considerados como “entediantes” por investidores, marcados pelo menor interesse e maior medo, acabaram sendo fundos para o preço da moeda.

Os dados do Google Trends mostram que, tanto no Brasil quanto no resto do mundo, a procura por bitcoin tem caído desde o início de 2021, mesmo mantendo um nível maior que do período de baixa de 2018 e 2019.

Dados do Google Trends sobre "bitcoin"

O Índice de Medo e Ganância, por sua vez, recuou de 17 para 11 de ontem para hoje. Nesse indicador, o 0 representa o “medo extremo” e 100 a “ganância extrema”. Historicamente os períodos de baixas (bons para comprar) têm sido marcados por muito medo e os períodos de alta (bons para vender) têm sido marcados por muita ganância.

É considerado um indicador útil, mas, como a maioria das métricas de análises, é atrasado e não deve ser visto individualmente sem um contexto maior. Perceba no gráfico abaixo que estamos em níveis de medo vistos na baixa de 2020 (lembrada pelo início da crise do covid) e no bear market de 2018.

Crypto Fear & Greed Index
Histórico do Índice de Medo e Ganância. Fonte: Alternative.me

Apesar de, no geral, vários dados apontam para estarmos em um mercado de baixa e para a possibilidade de uma boa oportunidade de entrada, algumas métricas indicam que mais sangue pode ser visto no mercado.

O Múltiplo de Puell é um deles. Essa métrica é calculada de acordo com os ganhos (em dólares) atuais dos mineradores de Bitcoin em comparação com a média dos últimos 365 dias desses ganhos. Se essa métrica estiver alta demais, ela pode mostrar um preço esticado (bom para venda), e em caso contrário pode revelar um preço sobrevendido (bom para compra).

The Puell Multiple
Múltiplo de Puell. Fonte: Lookintobitcoin.

Levando em conta o passado do preço do bitcoin, as áreas em verde do gráfico mostraram fundos e as áreas vermelhas os topos. Hoje percebemos um nível baixo, e ainda em queda, do múltiplo, mas ainda não entra na área verde.

Atualmente a capitalização de mercado do Bitcoin é de US$ 580 bilhões e sua dominância sobre as altcoins enxerga uma leve alta para 46,5%. A dominância líquida, calculada pelo Coingolive levando em consideração o maior volume de negociações, é de 66,5%.

Veja também:

A NovaDAX está cheia de novidades!

Uma das maiores corretoras de criptoativos do Brasil agora ZEROU as taxas para saque em real!

A NovaDAX também conta taxa zero para transações de Bitcoin e mais de 110 moedas listadas, com saque disponível na hora e alta liquidez. 

As criptomoedas com as melhores taxas do mercado! Basta ativar o programa gratuito Novawards e aproveitar taxas reduzidas em até 75%.

Conheça ainda o Cartão NovaDAX e peça já o seu.