O autoproclamado inventor do Bitcoin, Craig Wright, ganhou um julgamento à revelia no Tribunal Superior de Londres em seu caso de violação de direitos autorais contra o pseudônimo operador de bitcoin.org.

De acordo com o relatório, o site e seu atual dono, CobraBitcoin, devem remover o white paper do portal e pagar US$ 48.000 em custas judiciais para Craig Wright, o criador do BSV.

Sobre o pagamento dos custos processuais, o anônimo Cobra disse que estaria feliz em pagar. “Como é que um pagamento em BTC para o endereço associado ao bloco #9 soa?”, tuitou ele brincando com o fato de que Craig nunca comprovou possuir nenhuma das carteiras de Satoshi.

Pelo contrário, Wright já foi desmascarado publicamente inúmeras vezes. Em uma ocasião, Craig afirmou possuir um endereço de bitcoin que posteriormente a chave privada associada a ele assinou uma mensagem que o chamava de fraude. Prova criptográfica de que Craig Wright mentiu, mas o Tribunal de Londres não entende do assunto.

Como Cobra explicou anteriormente, Satoshi Nakamoto tem uma chave pública PGP conhecida, e portanto é criptograficamente possível para alguém verificar-se como Satoshi Nakamoto. Porém, Craig não foi capaz de fazer isso e continua apenas praticando bullying legal que de fato prejudica a comunidade de Bitcoin.

Direitos autorais sobre o white paper

Faketoshi, como é conhecido pela comunidade de criptomoedas, voltou a fazer barulho agora que venceu um julgamento à revelia no Reino Unido contra Cobra, dono do bitcoin.org. O Cointimes relatou em janeiro que as reivindicações de Craig não faziam sentido, mas mesmo assim os desenvolvedores do Bitcoin Core tiraram o white paper do ar para evitar problemas legais.

No final do mês de janeiro, Wright abriu uma ação contra o bitcoin.org já que Cobra não abaixou a cabeça. O verdadeiro Satoshi Nakamoto deixou o white paper sob licença do MIT, que permite o uso irrestrito. Os processos realmente começaram, no entanto, em 24 de fevereiro por meio da Lista de Propriedade Intelectual dos Tribunais de Negócios e Propriedade da Inglaterra e País de Gales.

Após o ajuizamento do caso de violação de direitos autorais contra bitcoin.org e o operador do site Cobra, a Crypto Open Patent Alliance (COPA) abriu um processo civil no Reino Unido contra as reivindicações de Wright sobre o famoso white paper.

“Hoje, a COPA iniciou um processo pedindo ao Supremo Tribunal do Reino Unido que declarasse que Craig Wright não detém a propriedade dos direitos autorais sobre o white paper do Bitcoin”, disse o grupo de trabalho na época. Após a ação judicial da COPA, um representante de Craig Wright, cientista-chefe da Nchain escreveu para o Bitcoin.com News e disse:

“Isso é exatamente o que queríamos que acontecesse há algum tempo e estou muito satisfeito por este órgão ter concordado em se apresentar no tribunal, pois agora posso ter minhas credenciais julgadas legalmente.”

Em 28 de junho e também atualizado no dia seguinte, uma publicação da ontier.digital explica que Wright ganhou um julgamento à revelia no Tribunal Superior de Londres contra Cobra. O juiz do Tribunal Superior da Divisão da Chancelaria concedeu o pedido de Wright, que inclui:

  • “Uma liminar que proíbe o Réu de infringir os direitos autorais do Dr. Wright no Reino Unido, seja ao disponibilizar o White Paper para download no site bitcoin.org ou de qualquer outra forma.”
  • “Uma ordem exigindo que o Réu publique uma cópia da ordem do Tribunal no site bitcoin.org por 6 meses.”

No Twitter, Cobra foi avisado que poderia perder por tecnicalidades e portanto deveria contar com alguma representação legal profissional, mas ele disse que poderia ter suas informações pessoais vazadas por conta disso. O anúncio do site ontier.digital detalha que o Cobra preferiu “manter o anonimato”.

Após a derrota na Justiça, o pseudônimo do operador do bitcoin.org falou sobre a decisão e disse que era o exemplo perfeito de por que redes não censuráveis ​​e sem permissão como Bitcoin são necessárias.

“Todos os seus ativos fiduciários são, em última análise, protegidos pelo mesmo sistema legal que hoje tornou ilegal para mim hospedar o white paper sobre Bitcoin porque um notório mentiroso jurou perante um juiz que é Satoshi”, tuitou Cobra. “Um sistema onde a ‘justiça’ depende de quem tem a carteira maior.” O bitcoiner adicionou:

“Eu não acho que você poderia conseguir um anúncio melhor de *por que* o Bitcoin é necessário do que o que aconteceu hoje. As regras impostas por meio da criptografia são muito mais superiores do que as regras baseadas em quem pode gastar centenas de milhares de dólares em tribunais.”

Esse é um ataque muito sério à comunidade de Bitcoin. Não deixe de ler as seguintes matérias:

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br